Maio na Gulbenkian: temática Guerra e Paz termina com concertos, ópera e cinema

Antes de começar o Verão, e durante todo o mês de Maio, a Gulbenkian vai ter a decorrer a terceira e última temática da actual temporada: Guerra e Paz. Há concertos de música clássica, ópera e dois filmes para ver.

De 4 a 22 de maio, o espaço de cultura Gulbenkian, em Lisboa, vai ter uma série de concertos sobre o tema Guerra e Paz – o mesmo nome que a conhecida obra do escritor russo Lev Tolstói.

Durante estes dezoito dias vai haver sete concertos e a projecção de dois filmes que retratam «não só os momentos mais trágicos da história da humanidade, como também os momentos de reconciliação, de harmonia e de paz entre os povos», explica a Gulbenkian.

O concerto de abertura de Guerra e Paz começa com War Requiem, uma peça musical do compositor inglês Benjamin Britten e que homenageia as vítimas da II Guerra Mundial.

Este concerto (4 de Maio às 21 horas) vai contar com a Orquestra Sinfónica Portuguesa e o Coro do Teatro Nacional de São Carlos. O maestro é Graeme Jenkins.

Dia 6 de Maio, na programação dos Concertos de Domingo, é a vez da Abertura 1812, de Tchaikovsky, com sessões às 12 e às 17 horas. Neste concerto é a Orquestra Gulbenkian, dirigida pelo maestro Pedro Neves, que vai interpretar esta obra.

Mas antes da Abertura 1812, vão ser tocadas outras duas peças bem conhecidas do público: o Adagio para Cordas de Barber (celebrizado pelo filme Platoon, de Oliver Stone) e o tema do filme Star Wars, de John Williams.

A 11 e 12 de Maio há duas sessões (21 e 19 horas, respectivamente) de um concerto que vai reunir três obras: 7.ª Sinfonia de Chostakovitch, Metamorfoses de Richard Strauss e Trenos à Memória das Vítimas de Hiroxima de Penderecki. O maestro é Hannu Lintu.

Em relação ao cinema, diz 12 de Maio vão ser passados dois filmes no Auditório 3: O Cerco de Leninegrado (na sua versão original com legendas em português) e Leninegrado e a Orquestra que Desafiou Hitler (versão original com legendas em inglês).

O programa completo da terceira e última temática da actual temporada de Guerra e Paz pode ser visto aqui.

Ricardo Durand
Começou no jornalismo de tecnologias em 2005 e tem interesse especial por gadgets com ecrã táctil e praias selvagens do Alentejo. É editor do site Trendy e faz regularmente viagens pelo País em busca dos melhores spots para fazer surf. Pode falar com ele pelo e-mail [email protected].