Casa da Ínsua

Casa da Ínsua: entre o fascínio do Barroco e o conforto actual

por • 20 Novembro, 2017 • Reportagem Trendy 📷, Viagens e Hotéis ✈️Comentários fechados em Casa da Ínsua: entre o fascínio do Barroco e o conforto actual245

A poucos quilómetros de Viseu há um solar do século XVIII, exemplificativo da arquitectura barroca, onde o romantismo associado a essa época convive harmoniosamente com jardins luxuriosos.

Quer decida tirar uns dias a dois ou fazer umas férias de família a Casa da Ínsua é um destino a ter em conta.

Classificado como um hotel boutique, e inserido na rede Paradores, oferece simultaneamente um apelo histórico, fruto de estar inserido num solar do século XVII, mas também uma convivência com a natureza.

Seja através dos jardins inglês (mais selvagem), francês (onde tudo está geometricamente organizado), ou do pomar e da vinha inseridos na propriedade, há programas que permitem aos hóspedes vivenciar a vida de um pastor ou aprender a fazer o célebre queijo da Serra.

Casa da Ínsua

Se é fã de história peça para ficar na ala antiga e não deixe de fazer uma visita guiada pelo interior do solar. Não só poderá visitar áreas não públicas como vai descobrir a história da casa.

O solar é um edifício senhorial construído no século XVIII por Luís de Albuquerque de Mello Pereira e Cáceres, Governador e Capitão-General de Cuibá e Mato Grosso e foi edificado no local da anterior Casa da Ínsua, erguida por João de Albuquerque e Castro, Alcaide-Mor de Sabugal.

Aqui estamos perante um pedaço de história visível não só nas paredes, mas também nos vários objectos de decoração espalhados um pouco por todo o lado. A capela, o terraço e os jardins são alguns dos pontos imperdíveis. E não esquecer que, na ala antiga, cada quarto é único, em termos de decoração e história.

Casa da Ínsua

Seja qual for a escolha (ala antiga ou moderna) saiba que irá acordar no silêncio. Sabe aquela sensação de paz, de sossego, de calma? Está sempre presente na Casa da Ínsua, já que os espaços foram acondicionados com esse propósito.

Há inúmeros recantos onde uma pessoa se pode sentar a ler um livro, a conversar ou simplesmente a degustar um vinho. Sim, porque a Casa da Ínsua é igualmente um produtor de vinhos, algo bem presente na carta de vinhos do restaurante.

Em caso de dúvida sobre o que escolher, quer ao nível dos pratos ou da bebida, peça conselhos. Mas saiba que sair da Casa da Ínsua sem provar o queijo da Serra, o requeijão ou as compotas caseiras é considerado quase como um crime – uma dica, antes de fazer o check-out passe pela loja.

Casa da Ínsua

É muito fácil ficar apenas pela Casa da Ínsua, uma vez que há inúmeras actividades para distrair os hóspedes. Contudo, pode sempre escolher ficar pela propriedade e relaxar nos jardins. Mas, se gosta de sair e de espairecer, a sugestão é a de que vá até Viseu, visite o Museu Grão Vasco e se perca pelas ruas do centro histórico da cidade. Para os amantes do néctar dos deuses a sugestão passa por um passeio até Nelas onde pode visitar algumas adegas e fazer provas de vinhos.

Parador Casa da Ínsua
Morada: Penalva do Castelo, 3550-126 Portugal
Telefone: 232 640 110
Site: montebelohotels.com/casadainsua/

Artigos Relacionados