Verallia 30 Garrafa de Vinho

Ideias para novas garrafas de vinho com autoria portuguesa

por • 31 Agosto, 2017 • Made in Portugal 🇵🇹Comentários fechados em Ideias para novas garrafas de vinho com autoria portuguesa217

A empresa francesa Verallia lançou uma competição de criatividade em Portugal para encontrar novos formatos de garrafas de vinho. A organização recebeu quase cem participações.

Criada em 1972, a Verallia é um grupo internacional que detém várias marcas e que tem como actividade principal a produção de garrafas para os mais variados fins.

A história da marca está ligada a Portugal, uma vez que em 1987, a Verallia adquiriu a unidade de produção Vidreira do Mondego (Figueira da Foz).

Anualmente, a Verallia promove várias competições e, este ano, trouxe os Verallia Design Awards a Portugal. O desafio era fazer com que alunos de cursos ligados às artes criassem um novo formato de garrafa de vinho.

A grande vencedora foi Adriana Ferreira, da Escola Superior de Educação do Instituto Politécnico de Coimbra, curiosamente um curso que pouco tem que ver com design.

Adriana Ferreira conquistou o júri com a 30, uma proposta que indica o último copo que a garrafa vai poder servir. «Olhando para ela, deparamo-nos com uma parte transparente que representa 30 cl, o equivalente a um copo de vinho médio», explica Adriana Ferreira.

«Quando começarmos a avistar a sua transparência temos consciência de que aquele será o nosso último copo de vinho, que o momento degustativo acabará em breve», diz a aluna do Politécnico de Coimbra.

O segundo lugar foi para a garrafa Alchemy, de Hugo Martins, da
Escola Superior de Artes e Design das Caldas da Rainha do Instituto Politécnico de Leiria.

Alchemy Verallia

Hugo Martins apresentou um projecto com socalcos no pescoço para uma «maior aderência quando se vai a manusear ou a transportar a garrafa, dando mais segurança ao utilizador».

O aluno quis, também, criar algo que representasse o ato da transformação da uva em vinho: «Nada melhor do que o conceito de de espremer a uva para extrair o seu néctar e obter o vinho».

A fechar o pódio esteve Bartolomeu Rodrigues com a garrafa Regresso ao Passado. O também aluno da Escola Superior de Educação do Instituto Politécnico de Coimbra submeteu um design que consistia «em voltar no tempo, à época do Séc. XVIII, em que luxo e a ostentação eram as palavras na moda».

Regresso ao Passado Verallia

«O design da garrafa foi todo ele pensado de forma a incorporar esses dois pontos num único objecto, onde seriam visíveis tanto a representação simbólica do vestuário como a grandeza física dos indivíduos pertencentes às classes mais altas», explicou Bartolomeu Rodrigues.

Pode ver todos os projectos submetidos a concurso neste PDF, assim como outros prémios atribuídos pela Verallia às participações recebidas.

Artigos Relacionados