Dia da Cerveja Nielsen

Dia Mundial da Cerveja: 2017 pode bater recordes de consumo

por • 4 Agosto, 2017 • ActualidadeComentários fechados em Dia Mundial da Cerveja: 2017 pode bater recordes de consumo567

Um estudo da consultora Nielsen conclui que 2017 ano pode ser o «ano com os maiores crescimentos da última década», em Portugal.

O mercado nacional da cerveja é uma roda-viva. Antes do Verão começam a ser apresentados novos sabores por parte das principais marcas e os fãs desta bebida ficam logo com um brilhozinho nos olhos.

Foi, por exemplo, o caso da Sagres que disparou logo em duas frentes: alargou o seu portfólio de Bohemia (reforçando a comunicação com os vídeos Mesas Bohemia) e contratou o humorista Gonçalo Geirinhas para ser a cara da campanha da Sagres Radler.

Poucos dias depois de ter entrado o Verão, fomos ainda surpreendidos pelo regresso de duas marcas de cerveja portuguesas: a Topazio e a Onyx, ambas de Coimbra.

Também a Super Bock fez regressar um ícone ao mercado: a sua garrafa dos anos sessenta, em ano de comemoração do 90.º aniversário da marca.

AGARRE JÁ ESTES DESCONTOS PARA BEBER UMAS JOLAS NA PORTUGÁLIA!

Não é, pois, de estranhar que, com todos estes estímulos o consumo de cerveja tenha vindo a aumentar. Mais: segundo a consultora Nielsen, 2017 pode ser o ano com o «maior crescimento» no consumo da última década.

«A manter-se este ritmo, 2017 será o ano com os maiores crescimentos da última década, apresentando um aumento em volume de 10% face ao primeiro semestre do ano anterior, com ambos os canais (INCIM e Retalho) a registarem incrementos a dois dígitos», confirma Tiago Aranha, client development manager da Nielsen.

Estas afirmações têm como base os dados que a Nielsen apurou no sue estudo: cerca de três milhões de lares consumiram cerveja em casa no último ano, representando 76% deste universo em Portugal. Além disso, o número de visitas às lojas «aumentou 11%» no mesmo período.

No grupo dos maiores consumidores de cerveja, em Portugal, estão indivíduos «entre os 26 e os 45 anos, especialmente do sexo masculino». Em relação às zonas onde se bebe mais cerveja, O estudo da Nielsen aponta a Grande Lisboa e o Litoral Norte.

Artigos Relacionados