Edição Limitada Aurora de la Paz: o café «raro» que veio da Colômbia

Depois de uma coisa chamada café envelhecido, a Nespresso continua a lançar cápsulas com conceitos inusitados: desta vez será um blend que esteve «inacessível durante vários anos».

Chama-se Aurora de la Paz e é mais uma Edição Limitada da Nespresso e que surge um mês e meio depois do Selection Vintage 2014, o denominado «café envelhecido» da marca.

Este café, que a Nespresso garante ser «raro» e que «esteve inacessível durante vários anos» chega da Colômbia, mais concretamente do departamento de Caquetá, no sul do País, perto da fronteira com o Perú e com o Equador.

Para conseguir levar este café às máquinas de todo o mundo, a Nespresso esteve durante treze anos a «acompanhar os cafeicultores colombianos através do Programa Nespresso AAA para a Qualidade Sustentável»

As sleeves de Aurora de la Paz ficam disponíveis, por um período limitado, nas plataformas comerciais da Nespresso, com um preço de 4,55 euros. Como sempre, estão dez cápsulas no interior, desta vez com a cor verde.

Nespresso Aurora

Ricardo Durand
Começou no jornalismo de tecnologias em 2005 e tem interesse especial por gadgets com ecrã táctil e praias selvagens do Alentejo. É editor do site Trendy e faz regularmente viagens pelo País em busca dos melhores spots para fazer surf. Pode falar com ele pelo e-mail [email protected].