Volte à boa forma depois das férias: 8 dicas para perder os quilinhos ganhos no Verão

O Verão é sinónimo de praia, sol, amigos, família e, claro, grandes petiscadas ao final do dia, acompanhadas por um bom vinho ou uma refrescante cerveja. Agora é dar ao cabedal!

Durante uns meses andámos mais à vontade e deixámos o ginásio de lado. A boa vida implica fazer deslizes na alimentação e nem sempre podemos optar pelo mais saudável.

Os meados e o final de Setembro são alturas para voltar ao ginásio e às regras de alimentação mais restritas e em linha com um estilo de vida mais saudável.

«A quebra da rotina motivada por tudo o que caracteriza o Verão deve ser contrariada desde o último dia de férias», diz a PronoKal, marca especialista em programas de emagrecimento.

Os horários das refeições, a escolha dos alimentos e a sua quantidade, o consumo de líquidos e a prática de exercício físico regular têm de voltar a ser implementados nas rotinas diárias para que não se deixe relaxar.

Bastam pequenos passos como esta para transformar o que pode parecer mais complicado numa “receita” simples para resolver o problema de excesso de peso. Além disto, há outras dicas e truques para voltar à boa forma. Aqui ficam as nossas oito sugestões!

RESPEITAR HORÁRIOS
Aconselha-se a fazer uma refeição de três em três horas, dado este ser o período máximo que o organismo pode estar sem absorver alimentos. A partir desse limite de tempo o organismo sentir-se-á gradualmente sem energia, sendo que é mais propício a sentir desejo incontrolável de guloseimas e cair em tentação.

PEQUENO-ALMOÇO
Deve iniciar o seu dia com o pequeno-almoço (já sabemos que é a refeição mais importante do dia), uma vez que lhe fornece desde logo uma grande fonte de energia. Para que esta refeição seja completa, é essencial a combinação de lacticínios, frutas, proteínas (como os ovos e o queijo) e hidratos de carbono complexos (pão de trigo integral ou cereais integrais sem açúcar como a aveia).

INGERIR MUITOS LÍQUIDOS
Os líquidos sem adição de açúcar, em especial a água, têm um papel muito importante dado que permitem a hidratação do corpo e a sua desintoxicação, purificando-o e eliminando as toxinas. Os líquidos também inibem a fome, promovendo uma a sensação de ‘estômago cheio’. Deve-se por isso beber cerca de um a dois litros de água ao longo do dia, preferencialmente entre as refeições.

CONTROLAR OS HIDRATOS DE CARBONO SIMPLES
O arroz, a batata, a massa, o pão são exemplos de hidratos de carbono que devem ser reduzidos nas refeições diárias. O ideal é ingeri-los em pequenas proporções ao longo do dia. Deve evitar totalmente os hidratos de carbono simples ao jantar. É preferível que opte por refeições mais leves e nutritivas, como uma boa sopa de legumes sem batata.

EVITAR OS AÇÚCARES E DOCES
Esta é dada de “borla”: ao ingerir bolos, chocolates, refrigerantes ou bolachas só está a introduzir gorduras saturadas e açucares que não necessita no seu organismo. Estes alimentos não fornecem quaisquer nutrientes sendo que por isso devem ser eliminados gradualmente da alimentação.

REDUZIR PRODUTOS DE ORIGEM ANIMAL
Deve reduzir alimentos como a manteiga, enchidos ou até mesmo o azeite devido à sua elevada taxa de gorduras. Para substituir estes produtos de origem animal, aconselha-se o consumo de 3-4 colheres de sopa por dia ou uma noz diária, fonte de gorduras saudáveis.

CONSUMIR PEIXE
Esta é outra dica óbvia: opte por fazer refeições com peixes que lhe proporcionem ómega 3 e ácidos gordos, como o salmão.

LEGUMES E FRUTAS
Refeições equilibradas são sinónimo de legumes e frutas. Os legumes devem estar sempre presentes em todas as refeições, uma vez que são ricos em nutrientes (minerais e vitaminas) e fibra, saciando-o ao longo do dia. No caso das frutas, é aconselhável que se consumam entre as refeições. Contudo não se aconselha a consumir mais de três peças de fruta médias por dia, por causa dos açúcares.

REGRESSO AO EXERCÍCIO FÍSICO
É o que todos queremos, não é? Recomeçar os seus planos de treino possibilitar-lhe-á um regresso cheio de força. O exercício tem de ser ajustado à condição física atual e aos objetivos que pretende alcançar. Não se esqueça de praticar pelo menos duas vezes por semana num local (ginásio, ar livre, casa) em que se sinta bem.

Ricardo Durand
Começou no jornalismo de tecnologias em 2005 e tem interesse especial por gadgets com ecrã táctil e praias selvagens do Alentejo. É editor do site Trendy e faz regularmente viagens pelo País em busca dos melhores spots para fazer surf. Pode falar com ele pelo e-mail [email protected].