A viagem do café no primeiro Atelier Nespresso

por • 26 Setembro, 2016 • Reportagem Trendy 📷Comentários fechados em A viagem do café no primeiro Atelier Nespresso1488

A Nespresso quis dar a conhecer mais sobre o café, desde a sua origem até à chávena. Este foi justamente o mote utilizado para o primeiro atelier Nespresso em Portugal, que teve o Mercado de Santa Clara, em Lisboa, como espaço.

A celebrar este ano o seu 30.º aniversário, a Nespresso quis explicar todo o processo pelo qual o café passa até ao momento em que prime o botão e tem café quentinho na chávena. Para isso, a marca contou com a presença do produtor brasileiro Ciro Pereira, que falou sobre o processo de transformação pela qual os produtores têm de passar para trabalhar em parceria com a Nespresso.

Para cumprir com os padrões de qualidade pelos quais se rege, a marca diz que apenas 2% do café produzido no mundo cumpre com os padrões de excelência da Nespresso. Assim, uma fazenda que queira estar de acordo com as práticas da Nespresso tem de cumprir um exaustivo número de 296 critérios, onde se incluem práticas agrícolas, sociais e ambientais sustentáveis.

Afinal, o principal negócio da Nespresso passa pela venda de café. Tendo isto em mente, a marca aposta na sustentabilidade, para que no futuro continue a existir matéria-prima. O programa The Positive Cup é um dos exemplos dos esforços da marca nesse sentido, tal como o programa Nespresso AAA – desenvolvido lado a lado com a Rainforest Alliance.

Além de explicar parte do processo de origem do café, o Atelier também foi um espaço para aprender a provar café. Não é de agora que a marca pretende alterar o acto de beber café, tornando-o em algo semelhante a um ritual. À semelhança de um vinho, defende que também faz sentido olharmos para uma chávena de café, apreciando a cor e até o cheiro. Caso seja daquelas pessoas que não vê nada até à hora em que bebe café… bem, é trabalhar para apreciar essa bebida da vitalidade.

Mas nem só de aprendizagem é feito este Atelier, já que também há novidades nas máquinas. Afinal, sem o instrumento à altura pode muito bem andar às voltinhas com a cápsula que não haverá café para ninguém. A Expert é a senhora que se segue nas máquinas conectadas da marca, depois do lançamento da Prodígio, no início deste ano.

Nespresso Expert

Além de permitir controlar a máquina através de uma aplicação para dispositivos móveis, há mais novidades na Expert, além do design. Assim, esta máquina contará com quatro medidas de café diferentes (ristretto, espresso, lungo e americano). Para quem achava o café da Nespresso ligeiramente mais morno do que habitual, a Expert permite seleccionar três níveis de temperatura, para personalização.

A máquina, que conta com um bico independente para extracção de água quente, estará disponível na altura do Natal.

No canal Oreka, para o sector profissional, há duas novidades: os cafés Nespresso Exclusive Selection Nepal Lamjung e Exclusive Selection Kilimanjaro Peaberry.