Robin Williams: a homenagem do Canal Hollywood dois anos depois da sua morte

No dia em que se assinala o segundo aniversário do seu desaparecimento, o Canal Hollywood exibe o ciclo Eterno Robin Williams.

Actor multifacetado, capaz de fazer o melhor da comédia e do drama, Robin Williams é considerado como um dos melhores de sempre da história do cinema. O seu talento fez foi destacado na cerimónia dos Óscares de Hollywood em 1998.

Este foi o ano em que ganhou a estatueta dourada para melhor actor secundário pelo seu papel de psiquiatra em Good Will Hunting (O Bom Rebelde).

Para assinalar o segundo aniversário da morte de Robin Williams, o Canal Hollywood vai passar cinco filmes com o actor no dia 11 de Agosto (amanhã, quinta-feira), a partir das 16:15.

O ciclo Eterno Robin Williams começa com The Birdcage (Casa de Doidas), um filme de 1996 em que Robin é Armand Goldman, dono de um cabaret gay e companheiro de uma drag queen, que tenta comportar-se como um homem heterossexual para apresentar-se à família da noiva do seu filho.
 
Old Dogs (Duas Amas de Gravata) é o filme que se segue, às 18:15. Aqui, Robin Williams e John Travolta são dois velhos camaradas, na vida e nos negócios, que se vêem empurrados para a difícil tarefa de tomar conta de duas crianças de sete anos ao mesmo tempo que estão prestes a fechar o maior negócio das suas vidas.

Às 19:50 Robin Williams veste o papel de um professor muito caricato na comédia Flubber (O Professor Distraído), que retrata a descoberta de uma substância que poderá ser uma nova fonte de energia.

Mas é às 21:3o que chega um filme em que há cena que está na memória de todos os cinéfilos (e não só): «Goooooooooood morning, Vietnam!», diz o locutor de rádio Adrian Cronauer, papel desempenhado por Robin Williams. O filme Bom Dia, Vietname retrata a história de um radialista destacado pelo exército para fazer um programa matinal, acabando por questionar os métodos pouco ortodoxos e o humor irreverente dos seus superiores.

Este especial termina às 23:35 com o thriller Final Cut (A última Memória), um filme poderoso que retrata um mundo onde os pais podem implantar nos filhos um microchip Zoë com capacidade para gravar toda a sua vida. Alan W. Hakman (Robin Williams) é o melhor editor do ramo, mas, ao aceitar um novo projecto, vê a sua própria vida ficar em perigo.

O Canal Hollywood está disponível em SD e HD nas na Cabovisão (37), NOS (55 e 81), MEO (64 e 63) e Vodafone (81).

Ricardo Durand
Começou no jornalismo de tecnologias em 2005 e tem interesse especial por gadgets com ecrã táctil e praias selvagens do Alentejo. É editor do site Trendy e faz regularmente viagens pelo País em busca dos melhores spots para fazer surf. Pode falar com ele pelo e-mail [email protected].