Já são conhecidos os nomeados aos Prémios Sophia 2016

Foram ontem revelados os nomeados às várias categorias dos Prémios Sophia 2016. A Academia Portuguesa de Cinema divulgou quem é que se destacou na sétima arte em Portugal.

Além dos diversos nomeados nas 19 categorias a concurso, a Academia anunciou também quem irá receber os prémios Carreira. Este ano, a escolhas foram a actriz e escritora Carmen Dolores e o produtor Fernando Costa.

Na categoria de Melhor Filme, estão nomeados Amor Impossível, de António Pedro Vasconcelos, Montanha, de João Salaviza, Yvone Kane, de Margarida Cardoso, e As Mil e Uma Noites – Volume 2, O Desolado, de Miguel Gomes.

Nas interpretações, estão na disputa pelo prémio de Melhor Actriz Principal Vitória Guerra e Soraia Chaves, ambas pelo filme Amor Impossível; Beatriz Batarda, em Yvone Kane, e Isabel Ruth, em Se eu Fosse Ladrão, Roubava.

No campo masculino, José Mata destacou-se em Amor Impossível, Gonçalo Waddington está nomeado para Melhor Actor Principal em Capitão Falcão, Adriano Luz, em As Mil e Uma Noites – Volume 1, O Inquieto, e David Mourato, em Montanha.

O argumento de Montanha, da autoria de João Salaviza, está nomeado na categoria Melhor Argumento Original, ao lado de filmes como Yvone Kane (Margarida Cardoso), Amor Impossível (Tiago R. Santos) e Capitão Falcão (João Leitão e Nuria Leon Bernardo).

Na Melhor Fotografia, estão nomeados João Ribeiro, com Yvone Kane, André Szankowski, com Cosmos, Miguel Sales Lopes, com o filme Amor Impossível, e Acácio de Almeida, com a fotografia de Se eu Fosse Ladrão, Roubava.

A Entrega dos Prémios Sophia 2016 decorre no dia 13 de maio, no Centro Cultural de Belém, em Lisboa.

MELHOR ACTRIZ SECUNDÁRIA
Maria D’Aires – Amor Impossível
Maria João Pinho – Montanha
Lia Carvalho – Amor Impossível
Carla Chambel – Se eu Fosse Ladrão, Roubava


MELHOR ACTOR SECUNDÁRIO
Carlos Malvarez – Amor Impossível
José Martins – Amor Impossível
David Chan Cordeiro – Capitão Falcão
José Pinto – Capitão Falcão


MELHOR REALIZADOR
Margarida Cardoso – Yvone Kane
António-Pedro Vasconcelos – Amor Impossível
João Salaviza – Montanha
Miguel Gomes – As Mil e Uma Noites – Volume 2, O Desolado


MELHOR DIRECÇÃO ARTÍSTICA
Ana Vaz – Yvone Kane
Nuno Tomaz, Mário Melo Costa e João Leitão – Capitão Falcão
Clara Vinhais – Amor Impossível
Rui Alves – O Pátio das Cantigas


MELHOR DOCUMENTÁRIO EM LONGA-METRAGEM
Pára-me de Repente o Pensamento de Jorge Pelicano
Volta à Terra de João Pedro Plácido
Alto Bairro de Rui Simões
Portugal- Um Dia de Cada Vez de João Canijo e Anabela Moreira


MELHOR DOCUMENTÁRIO EM CURTA-METRAGEM
Atopia de Luís Azevedo e Alexandre Marinho
Fora da Vida de Filipa Reis e João Miller Guerra
A Torre de Salomé Lamas
Africa Abençoada de Aminata Embalo


MELHOR MAQUILHAGEM E CABELOS
Emmanuelle Fèvre e Ramona – Yvone Kane
Helena Gonçalves – Capitão Falcão
Susana Correia e Sandra Meleiro – Amor Impossível
Iris Peleira – Cosmos


CURTA-METRAGEM DE ANIMAÇÃO
Amélia & Duarte de Alice Guimarães e Mónica Santos
Nossa Senhora da Apresentação de Abi Feijó
Vígil de Rita Cruchinho Neves
O Campo à Beira Mar de André Ruivo


MELHOR SOM
Vasco Pedroso, Branko Neskov e Elsa Ferreira – Amor Impossível
Hugo Leitão – Capitão Falcão
Olivier Blanc – Montanha
Elsa Ferreira e Pedro Ricardo Nunes – Yvone Kane


MELHOR GUARDA-ROUPA
Isabel Quadros – Capitão Falcão
Nádia Henriques – Yvone Kane
Silvia Grabowski e Lucha D’Orey – As Mil e Uma Noites – Volume 2, O Desolado
Mia Lourenço – Amor Impossível


MELHOR MONTAGEM
João Braz – Yvone Kane
Pedro Ribeiro – Amor Impossível
Edgar Feldman e João Salaviza – Montanha
Mário Melo Costa – Capitão Falcão


MELHOR BANDA SONORA ORIGINAL
José M. Afonso – Amor Impossível
Pedro Marques – Capitão Falcão
Norberto Lobo – Montanha
Nuno Malô – O Pátio das Cantigas


PRÉMIO SOPHIA ESTUDANTE
Afrodite de Gonçalo Nobre de Almeida
Ghiocel de Mara Ungureanu
Terra Mãe de Ricardo Couto
Palhaços de Pedro Crispim


MELHOR CURTA-METRAGEM DE FICÇÃO
O Rebocador de Jorge Cramez
Rampa de Margarida Lucas
Aula de Condução de André Santos e Marco Leão
A Glória de Fazer Cinema em Portugal de Manuel Mozos

Cátia Rocha
Sonha ter um walk in closet desde pequenina, mas enquanto isso não acontece, contenta-se a coleccionar maquilhagem e anéis. Não consegue resistir a uma boa sobremesa e a um belo livro. Passa a vida a ouvir música e tem uma lista de todos os concertos que já viu.