Comece a preparar as férias grandes: conheça os oito melhores eco-hotéis do Mundo!

Depois de lhe mostrarmos sugestões de glamping, continuamos na onda da comunhão com a Natureza. Conheça agora uma selecção com os oito melhores eco-hotéis do mundo!

Acordar com o chilreio dos pássaros ou adormecer ao som dos grilos. Ar limpo, cheiro a floresta, a mar e céu estrelado à noite. Estes são alguns dos mimos de que vai poder desfrutar nestes eco-hotéis, espalhados um pouco por todo o mundo.

Nesta selecção com a assinatura do Trivago, onde o impacto ecológico e a relação entre Homem e Natureza estão em destaque, há um representante português!


1. Whitepod (Suíça)

Whitepod
A 1400 metros acima do nível do mar, as cabanas em forma de bola de neve do Whitepod oferecem uma grande vista sobre a Natureza intocada das montanhas suíças.

Cada pod, construído com materiais naturais, está equipado com um fogão a lenha, casa de banho, varanda e cozinha, tornando estes casulos acolhedores tanto no Inverno, como no Verão.


2. Areias do Seixo (Portugal)

Areias Seixo
O eco-hotel português Areias do Seixo Charm Hotel tem quartos e villas concebidos com materiais ecológicos; a eletricidade vem da energia solar e o eco-relógio mostra o consumo de energia da instalação em tempo real.

Mas a ambição é também envolver o homem: os agricultores locais e os hóspedes; aqui é possível cultivar um pedaço de terra no jardim orgânico ou explorar o ecossistema circundante.


3. Treehotel (Suécia)

Treehotel
Localizado no coração da Suécia, o Treehotel oferece uma experiência única a alguns metros acima do solo. Empoleiradas nas árvores, as seis cabanas estão em perfeita harmonia com o ambiente

Ninhos ou um discos voadores? Fica ao critério da sua imaginação, mas de uma coisa pode ter a certeza: estes quartos foram construídos com materiais ecológicos e com todo o cuidado para não degradar ou derrubar estas árvores majestosas.


4. Montaña Magica (Chile)

Montagna
O Bed and Breakfast Montaña Magica está à altura do nome. Mesmo no meio da Reserva Biológica Huilo Huilo, no Chile, este eco-hotel tem casas feitas de madeira, enquanto o exterior está completamente coberto com vegetação e decorado com uma cascata.

A ponte suspensa permite aos hóspedes deixar o Montaña Magica e ter acesso direto à reserva, classificada como Património Mundial pelas suas excursões e safaris.


5. Laguna Lodge (Costa Rica)

Laguna
Apenas acessível ao atravessar as águas azuis do lago Atitlan, na Costa Rita, o Laguna Lodge é a porta de entrada para a reserva natural de Laguna.

Com vista sobre os vulcões, este hotel é quase auto-suficiente: a energia consumida é fornecida por painéis solares e a água da chuva é recuperada durante todo o ano. O restaurante do Laguna Lodge utiliza ainda ingredientes feitos por produtores locais e oferece um delicioso menu vegetariano!


6. Song Saa Private Island (Camboja)

Song Saa
O Song Saa Private Island, com uma forte influência budista, é um “oásis” no Golfo da Tailândia. No meio de duas ilhas, ligadas por uma ponte de madeira, e rodeado de praias de areia branca, o hotel está rodeado pelo mar azul-turquesa e por recifes de coral.

As moradias foram construídas a partir de materiais naturais e barcos de pesca velhos. Também a água está em toda parte e é o centro das atenções: graças aos equipamentos eco-friendly do hotel, nenhuma gota é desperdiçada.


7. Vigilius (Itália)

Vigilius
‘Eco, não ego!’ foi o lema do arquiteto Matteo Thun, quando projectou o Vigilius Mountain Resort, em Itália. Ignorando o supérfluo e concentrando a sua genialidade no respeito ao meio ambiente, esta criação em madeira parece ser a extensão natural da floresta Tirolesa.

O telhado é coberto com relva e plantas isolantes e as paredes são grandes janelas, que deixam entrar os raios do Sol. O resultado são luminosos quartos e suites, num design elegante e com uma atmosfera tranquila.


8. Post Ranch Inn (EUA)

Post Ranch
Localizado nas terras quentes da Califórnia, o Post Ranch Inn oferece uma vista panorâmica única da lendária costa de Big Sur. Feito de materiais amigos do ambiente, o hotel minimiza a sua pegada ecológica equipando-se de painéis solares e um sistema de reciclagem de água.

Nos quartos não há televisões ou despertadores, para uma estadia de verdadeiro relaxamento e união com a natureza. Todas as reservas incluem pequeno-almoço gourmet, actividades complementares (como ioga ou caminhadas), bem como acesso às piscinas.

Ricardo Durand
Começou no jornalismo de tecnologias em 2005 e tem interesse especial por gadgets com ecrã táctil e praias selvagens do Alentejo. É editor do site Trendy e faz regularmente viagens pelo País em busca dos melhores spots para fazer surf. Pode falar com ele pelo e-mail [email protected].