Locais a visitar para se sentir num filme nomeado aos Óscares

Falta exactamente um mês para a 88.ª cerimónia dos Óscares, que distingue os melhores filmes e interpretações do ano.

Se, para uns, isso é sinónimo de maratona de filmes nomeados, para outros, como é o caso do Hostelworld, pode ser sinónimo de uma lista de lugares a visitar, que remetem para os locais dos filmes.


The Big Short

Nomeado para cinco Óscares, incluindo Melhor Filme, a película passa-se em locais como Nova Orleães, Malibu ou Las Vegas, nos Estados Unidos. São justamente esses os locais que o Hostelworld sugere, para que possa sentir-se como um guru de Wall Street (mesmo que sem os milhões).

Baseado no livro que relata como um grupo de homens conseguiu aproveitar a queda do mercado imobiliário nos Estados Unidos, o filme é um dos mais fortes nomeados deste ano.

Las Vegas


Bridge of Spies

Também nomeado para o Óscar de Melhor Filme, Bridge of Spies é protagonizado por Tom Hanks, que dá vida a um advogado durante a Guerra Fria. A película tem como pano de fundo cidades como Berlim, na Alemanha, e Breslávia, na Polónia.

Berlim já é um destino de eleição pela vida cultural e agitação, mas Breslávia não lhe fica atrás, já que foi nomeada como Capital Europeia da Cultura este ano. Duas boas opções para quem quer brincar aos espiões.

Breslávia


Brooklyn

Bem, aqui a sugestão de cenário é óbvia. O filme que retrata a saga de uma jovem irlandesa que se muda para Brooklyn, nos Estados Unidos, tem também algumas cenas passadas na Irlanda. O verde europeu contra o verde de Central Park.

Nova Iorque


Mad Max: Fury Road

Visualmente, Mad Max é um filme estonteante e um forte candidato em categorias como Cinematografia, Caracterização e Realização. Nomeado também para o Óscar de Melhor Filme, os locais sugeridos dividem-se entre África e a Austrália.

Com uma perseguição a alta velocidade no deserto da Namibia, este foi o local escolhido para gravar grande parte das cenas de Furiosa e companhia. A Cidade do Cabo, na África do Sul, e New South Wales, na Austrália, também são alguns dos locais sugeridos.

Namibia


The Martian

Por enquanto, ainda não é possível ir a Marte. Se quer mesmo sentir-se como Matt Damon – mas sem a necessidade de precisar de missão de resgate – pode sempre ir até à Jordânia ou a Budapeste, na Hungria, para ter a animação da zona dos bares.

Petra Jordânia


The Revenant

Será este o filme que valerá o tão ansiado Óscar de Melhor Actor a Leonardo DiCaprio? Alberta, no Canadá, é a sugestão do lugar a visitar que para que se sinta como que renascido. Montanhas, lagos de água cristalina, escalada… E sem ursos, de preferência.

Alberta Canadá


Spotlight e Room

Ambos os nomeados a Melhor Filme foram gravados no Canadá, mais especificamente em Toronto. Ainda que Spotlight, que relata a denúncia do jornal Boston Globe a casos de abusos sexuais na igreja católica, tenha a principal acção em Boston, foi Toronto o cenário da maior parte da rodagem da acção (pode também ler a crítica ao filme).

Room é um filme canadiano, baseado no romance com o mesmo nome, que retrata a fuga de uma mulher do cativeiro, com o seu filho de cinco anos.

Toronto tem a vantagem de estar a poucas horas das Cataratas do Niagara e uma boa hipótese de apreciar a hospitalidade canadiana.

Toronto Canadá

Cátia Rocha
Sonha ter um walk in closet desde pequenina, mas enquanto isso não acontece, contenta-se a coleccionar maquilhagem e anéis. Não consegue resistir a uma boa sobremesa e a um belo livro. Passa a vida a ouvir música e tem uma lista de todos os concertos que já viu.