Heme: a nova marca portuguesa de mobiliário é sustentável. A primeira colecção tem nomes de cidades nacionais

Com assinatura da arquitecta Filipa Taborda, a primeira colecção da Heme é dominada por peças com «matérias-primas nobres».
©Heme | Aparador Esmoriz
©Heme | Aparador Esmoriz

Criada por um «colectivo de criativos, designers e arquitectos», a Heme junta «tradição e modernidade»; as peças são todas feitas à mão, numa carpintaria de Leiria.

A mesa de apoio chama-se Arganil, os aparadores são o Cantanhede, o Penacova e o Esmoriz; o candeeiro foi inspirado na Ria de Aveiro e há uma mesa de centro Ferreira do Zêzere. Estas são algumas das peças da primeira colecção da nova marca de mobiliário nacional, a Heme.

O objectivo é criar colecções de «peças únicas e intemporais, funcionais e camaleónicas com uma estética sedutora e controversa, que marquem positivamente a vida dos clientes», diz Hugo Gaspar, um dos fundadores, a terceira geração de uma família de carpinteiros.

Com assinatura da arquitecta Filipa Taborda, a primeira colecção da Heme é dominada por peças com «matérias-primas nobres» – um dos exemplos são as «madeiras maciças de origem controlada e pedras naturais de pedreiras socialmente responsáveis».

©Heme
©Heme | O candeeiro Ria de Aveiro é a peça mais acessível da marca: custa 196,20 euros.

A sustentabilidade é mesmo uma das grandes preocupações da Heme; o fundador garante que o processo de manufactura do mobiliário «prima pela atenção dada ao tratamento dos resíduos, prevenindo o seu desperdício». A produção está baseada numa carpintaria de Maceira, a Facecamo (distrito de Leiria), que pertence a Hugo Gaspar.

Os preços das criações da Heme começam nos 196,20 euros (candeeiro Ria de Aveiro e chegam aos 2128,50 euros (aparador Esmoriz). As peças podem ser compradas online no site da marca.

Ricardo Durand
Começou no jornalismo de tecnologias em 2005 e tem interesse especial por gadgets com ecrã táctil e praias selvagens do Alentejo. É editor do site Trendy e faz regularmente viagens pelo País em busca dos melhores spots para fazer surf. Pode falar com ele pelo e-mail [email protected].