Ajitama. Este restaurante de ramen em Lisboa começou a aceitar pagamentos com criptomoedas

©Ajitama
©Ajitama

O restaurante asiático Ajitama, em Lisboa, já aceita pagamentos com criptomoedas: Bitcoin, Bitcoin Cash, Ethereum, Dogecoin, Litecoin, DAI e USDC.

Em Portugal, o pagamento com criptomoedas em restaurantes não é uma novidade: em Lisboa temos, por exemplo, o Paparrucha e os Musashi de Sintra e Cascais; no Porto, o Moules e a Churrasqueira Central de Franco também aceitam moedas digitais, segundo do site Coinmap.

Esta semana, há mais um restaurante neste “clube”, o Ajitama. Aqui, é possível pagar com Bitcoin, Bitcoin Cash, Ethereum, Dogecoin, Litecoin, DAI e USDC; contudo, é preciso ter uma de duas aplicações no smartphone para fazer o pagamento: Binance e Crypto.

©Ajitama
©Ajitama | A conta é apresentada num tablet; uma app faz a conversão de euros para a criptomoeda desejada.

Na altura de pagar a conta com criptomoedas, o restaurante usa outra app para gerar um código QR que deve ser lido pela câmara do smartphone do cliente – é assim que é feita a transacção.

Para promover o pagamento com criptomoedas, o Ajitama está oferecer um cocktail especial, o Satoshi Nakamoto (que recebe o nome do criador da Bitcoin) com whisky japonês Suntory, café, sementes de sésamo tostadas e pepitas de yuzo.

Ricardo Durand
Começou no jornalismo de tecnologias em 2005 e tem interesse especial por gadgets com ecrã táctil e praias selvagens do Alentejo. É editor do site Trendy e faz regularmente viagens pelo País em busca dos melhores spots para fazer surf. Pode falar com ele pelo e-mail [email protected].