Doeat. Há um novo site português onde se podem encomendar “caixas” de receitas prontas a cozinhar

©Doeat
©Doeat

O Doeat entrega em casa caixas com os ingredientes nas quantidades certas para cozinharmos as refeições, entre quatro e dezasseis doses.

O conceito é muito semelhante ao do Cuizeat, mas Fernanda Araújo, responsável pelo projecto, destaca o «preço reduzido por dose» (nunca mais de seis euros por pessoa) e o facto de os ingredientes serem os certos para cada receita, para «evitar o desperdício».

Estas são as principais vantagens do Doeat, o novo site português que nos permite escolher receitas e receber em casa caixas com os ingredientes, prontas a preparar. «É uma opção para quem não se quer preocupar com as compras do supermercado e evita que se gaste mais em quantidades de que não vamos precisar», aponta Fernanda Araújo.

No Doeat é possível escolher, para já, entre 24 receitas com packs de duas a quatro, de quatro a dezasseis doses. As opções são fixas e não é possível personalizar as caixas: está fora de hipótese, por exemplo, encomendar quatro receitas com quatro doses.

©Doeat
©Doeat | Neste momento, o site tem 24 receitas disponíveis.

Encomenda máxima no Doeat é de 79 euros

Os preços começam nos 24 euros (duas receitas, quatro doses) e chegam aos 79 (quatro receitas, dezasseis doses), com pratos que vão desde o Tofu com Miso e Legumes Salteados à Lasanha de Salmão com Queijo Creme e Alho Francês. As entregas são feitas quatro vezes por semana em todo o País.

Outra impossibilidade é deixar de fora ingredientes, no momento da selecção da receita, uma funcionalidade que o Cuizeat tem e que evita que compremos algo que já tenhamos em casa e que poderíamos usar para fazer as receitas do Doeat.

«Conseguimos oferecer uma experiência única ao cozinhar de forma fácil, aliando o sentimento de realização pessoal com a confecção de uma receita invulgar e à altura de um verdadeiro chef, com ingredientes frescos e na porção certa, para que não haja desperdício», conclui Fernanda Araújo.

Ricardo Durand
Começou no jornalismo de tecnologias em 2005 e tem interesse especial por gadgets com ecrã táctil e praias selvagens do Alentejo. É editor do site Trendy e faz regularmente viagens pelo País em busca dos melhores spots para fazer surf. Pode falar com ele pelo e-mail [email protected].