Matchbox: metal e plástico dos carrinhos será 100% reciclado até 2030. Tesla Roadster é o primeiro

©Mattel
©Mattel

A dona da Matchbox, a Mattel, anunciou uma nova política sustentável que irá muda a forma como serão feitos os icónicos carrinhos die-cast, em metal.

Às postas do seu 70.º aniversário (a Matchbox foi criada em 1953, em Inglaterra), a marca que agora pertence à Mattel prepara-se para mudar a forma como são feitos os seus carrinhos de metal injectado die-cast (metal fundido vertido num molde).

Esta é uma decisão que faz parte de um plano geral da Mattel: usar «plásticos 100% reciclados, recicláveis ​​ou de base biológica» em «todos os produtos e embalagens até 2030.

O primeiro carrinho a reflectir esta nova abordagem será o Tesla Roadster (chega em 2022) feito com «62,1% de zinco reciclado e 36,9% de plástico reciclado». Para fazer este modelo, a Mattel usou apenas 1% de aço inoxidável original.

Além da produção mais sustentável dos brinquedos, em si, a marca vai ainda alargar este conceito às embalagens: a primeira a deixar o plástico de lado é a dos carrinhos à escala 1:64 da Matchbox, que passa a ser feita com «materiais de papel e fibra de madeira certificados pelo Forest Stewardship Council».

Ricardo Durand
Começou no jornalismo de tecnologias em 2005 e tem interesse especial por gadgets com ecrã táctil e praias selvagens do Alentejo. É editor do site Trendy e faz regularmente viagens pelo País em busca dos melhores spots para fazer surf. Pode falar com ele pelo e-mail [email protected].