Uber cria serviço de TVDE preparado para pessoas que tenham deficiências físicas e sensoriais

©Uber
©Uber

Seis anos depois de ter entrado em Portugal, a Uber criou um serviço de TVDE adaptado a pessoas com mobilidade reduzida (e não só): o Assist. A notícia chega no Dia Internacional das Pessoas com Deficiência.

Mais surpreendente que o facto de este serviço só chegar à Uber em 2020 é que esta plataforma de TVDE seja, ainda assim, a primeira a fazê-lo.

O Uber Assist destina-se a pessoas com mobilidade reduzida (mas também para quem tenha «deficiências intelectuais e sensoriais») e chega esta semana à app em parceria com a Associação Salvador, responsável pela formação dada aos motoristas.

Uber não usa carros adaptados para o Assist

Apesar de não ter automóveis adaptados especialmente para o transporte de pessoas com deficiências motoras (como, por exemplo, que necessitem de cadeiras de rodas para se deslocarem), a Uber destaca o facto de os motoristas terem a tal formação.

O novo serviço Uber Assist tem os mesmos preços que o UberX (já que os automóveis são os mesmos) e pode ser pedido em todo o território nacional, desde que haja disponibilidade.

©Uber / DR. | A Uber "escondeu" o serviço Assist no fim das opções de transporte, na app.
©Uber / DR. | A Uber “escondeu” o serviço Assist no fim das opções de transporte, na app.

Para usar o Uber Assist é preciso arrastar o ecrã das opções de transporte da Uber para cima, uma vez que a opção não é mostrada entre as primeiras: está mesmo no fundo, na categoria ‘Mais.

Esta novidade da Uber chega no Dia Internacional das Pessoas com Deficiência, um momento também escolhido pelo Governo para anunciou uma agência de emprego especialmente para deficientes.

Ricardo Durand
Começou no jornalismo de tecnologias em 2005 e tem interesse especial por gadgets com ecrã táctil e praias selvagens do Alentejo. É editor do site Trendy e faz regularmente viagens pelo País em busca dos melhores spots para fazer surf. Pode falar com ele pelo e-mail [email protected].