©Amago
©Amago

Chefs do The Sandwich Project abrem restaurante que ficou “suspenso” durante o confinamento

A abertura estava inicialmente prevista para Março, mas o confinamento obrigatório levou a uma mudança de planos. Agora, o restaurante â.ma.go está em soft opening.

O The Sandwich Project foi a alternativa que os chefs André Coelho e Marta Caldeirão encontraram para compensar a rasteira que pandemia e o confinamento obrigatório pregou – a ideia era abrir um restaurante em Março.

Mas, como o regresso lento à (nova) normalidade, abriu-se uma nova oportunidade e o â.ma.go foi mesmo para a frente: o restaurante foi mesmo inaugurado, embora em regime soft-opening, e apenas funciona com reservas ao jantar de Quarta a Domingo.

Restaurante pode ser reservado apenas para duas pessoas

Durante este período, que não tem data de fim à vista, apenas é possível jantar no â.ma.go numa mesa comunitária e será apenas servido um jantar por noite, para um mínimo de duas pessoas e um máximo de dez.

Aqui, não podem jantar grupos diferentes, ou seja, o restaurante só aceita mesmo uma reserva por noite: se foram apenas duas pessoas, terão o restaurante e os chefs por sua conta.

©Amago

Depois, há mais uma limitação: não é possível escolher o que se quer comer, uma vez que o menu é fixo, sempre com dois snacks, couvert, entrada, prato principal e sobremesa. Os chefs garantem a «sazonalidade dos ingredientes e a criatividade» na preparação dos pratos.

O preço deste menu é de 40 euros (com bebidas pagas à parte). O â.ma.go fica no número 41C da Rua da Alegria (que liga a Praça da Alegria ao Príncipe Real), em Lisboa, e as reservas podem ser feitas pelo 913 701 177 ou através do email [email protected].

Ricardo Durand
Começou no jornalismo de tecnologias em 2005 e tem interesse especial por gadgets com ecrã táctil e praias selvagens do Alentejo. É editor do site Trendy e faz regularmente viagens pelo País em busca dos melhores spots para fazer surf. Pode falar com ele pelo e-mail [email protected].