©Variações ©A Herdade Prémios Sophia

Prémios Sophia 2020: Variações e a Herdade podem bater o recorde de Os Gatos Não Têm Vertigens e Cartas de Guerra

por • 20 Fevereiro, 2020 • CinemaComentários fechados em Prémios Sophia 2020: Variações e a Herdade podem bater o recorde de Os Gatos Não Têm Vertigens e Cartas de Guerra767

Com nomeações em todas as principais categorias em que podiam entrar, os dois melhores filmes portugueses de 2019 estão no caminho para serem os grandes vencedores dos prémios Sophia 2020.

Variações e A Herdade podem ser os filmes a receber mais estatuetas douradas da história (curta) dos Prémios Sophia, os troféus atribuídos pela Academia Portuguesa de Cinema desde 2013.

Com quinze e dezassete nomeações em todas as categorias em que podiam entrar, Variações e a Herdade podem “limpar” completamente a cerimónia deste ano – na teoria, apenas dois filmes que podem intrometer entre estes dois favoritos: Snu e Vitalina Varela.

Actual recorde pertence a dois filmes, com nove prémios

Variações só falha a categoria de Melhor Actriz Principal, porque, na verdade, não tem qualquer actriz que pudesse ser nomeada para este prémio. Já A Herdade fica de fora da corrida para Melhor Banda Sonora Original e Melhor Canção Original, pelas mesmas razões.

Em sete edições dos Prémios Sophia, o recorde de prémios pertence a dois filmes: Cartas de Guerra (2017) e Os Gatos Não Têm Vertigens (2015) ganharam nove troféus cada.

Academia Portuguesa de Cinema deve dividir os prémios

O ano de 2020 pode, assim, ficar marcado por um recorde de prémios atribuídos a um só filme: Variações e A Herdade podem ser os primeiros a chegar à dezena de estatuetas.

Contudo, o mais natural é que a Academia Portuguesa de Cinema faça uma divisão dos prémios pelos dois, com alguns dos prémios também a serem atribuídos a Snu e Vitalina Varela, como já referimos.

A lista completa de nomeados para todas as 23 categorias pode ser vista no site oficial da Academia Portuguesa de Cinema.