Backpack Kid Floss

Afinal, o Floss tem direitos de autor e o miúdo que inventou a dança está a processar o Fortnite

por • 19 Dezembro, 2018 • Actualidade, High-TechComentários fechados em Afinal, o Floss tem direitos de autor e o miúdo que inventou a dança está a processar o Fortnite1118

Numa altura em que a Internet vive o terror do Artigo 13, a Epic Games, editora do jogo Fortnite, está a ser processada pelos verdadeiros autores das conhecidas danças. O mais recente caso é com o criador do Floss.

Fortnite é um jogo de battle royale com um conceito muito simples: cem jogadores são deixados numa ilha onde apenas um pode sobreviver.

Para chegar ao fim podemos, no limite, até nem matar ninguém, mas pelo cenário do jogo há várias armas para apanhar e até podemos construir fortalezas para nos defendermos.

O jogo, em si, é gratuito e pode ser jogado nas consolas PS4, Xbox One, no computador (macOS ou PC Windows) e até no smartphone ou tablet Android e iOS.

Depois, há uma loja onde podemos, aí, sim, gastar dinheiro para comprar skins, armas e as danças, que cada personagem pode fazer durante o jogo.

E é nesta parte das danças que estão várias polémicas relacionadas com direitos de autor. No princípio de Dezembro, o rapper 2 Milly processou a Epic Games pelo facto de a editora usar a dança Milly Rock sem pedir autorização (em Fortnite chama-se Swipe It).

Swipe It

Contudo, a apropriação de danças e ‘emotes’ (reacções) por parte da Epic Games já tinha motivado outras queixas de outros músicos, como BlocBoy JB (por causa da dança Shoot) e de Chance The Rapper.

Alfonso Ribeiro (o actor que fazia de Carlton em o Príncipe de Bel Air) também agiu judicialmente contra a Epic Games por causa do uso da sua famosa dança, que fazia na série, em Fortnite – A Epic deu-lhe o nome de Fresh.

Fresh

Mas é mesmo por causa dos direitos da dança Floss que o cenário está a ficar muito cinzento para a Epic Games, uma vez que esta é, provavelmente, um dos movimentos mais icónicos do ano e que protagonizou milhares de vídeos no YouTube.

O Floss (ou Flossing) foi popularizado pelo jogo Fortnite, mas a verdade é que quem criou a dança foi criada por Russell Horning, que a mostrou pela primeira vez numa actuação de Katty Perry com a música Swish, Swish.

Swish Backpack

Na altura, Russell Horning fez o Flossing em palco e, a partir daí, a sua conta de Instagram disparou em número de seguidores e Russell Horning, que ficou conhecido por ‘Backpack Kid’ (por ter usado uma mochila) tornou-se uma celebridade nas redes sociais.

Este ano, Russell Horning disse numa entrevista que estava «entusiasmado» por a dança fazer parte do jogo e que já estava a pensar numa nova coreografia: «Espero que também venha a estar em Fortnite», disse o Backpack Kid na mesma altura.

Quando lhe perguntaram se o incomodava o facto de a Epic Games ter incluído a dança no jogo sem lhe pedir autorização e pagar pelos direitos, Russell Horning disse que não tinha problemas com isso.

Contudo, parece que este estado de graça entre o Backpack Kid e a Epic Games acabou: Russell Horning, através da mãe, meteu um processo contra a editora e disse que está a trabalhar para patentear o Floss.

Segundo a lei de propriedade intelectual dos EUA, é possível proteger uma dança com direitos de autor, mas não um movimento individual. Uma dança é vista como «uma série de movimentos que estão organizados numa sequência original e única».

Esta saber se os advogados da Pierce Bainbridge Beck Price & Hecht LLP, que estão a representar todos os autores que estão a processar a Epic Games, vai conseguir provar que o Shoot, o Milly Rock, a Carlton Dance e o Flossing são danças completas ou apenas movimentos individuais.

EnglishFrenchGermanPortugueseSpanish