YoungNetwork processa Benfica e já definiu indemnização: vouchers e lugares na tribuna do Estádio da Luz

Os dias de tempestade que se vivem fora das quatro linhas, no futebol português, conheceram ontem um episódio caricato: uma agência de comunicação processou o Benfica e pediu vouchers como compensação.

A história, mais um episódio triste relacionado com acusações entre clubes de futebol, pode ser difícil de compreender para quem não tem estado atento às polémicas que têm rodeado o SL Benfica.

Vamos tentar ser breves: depois de a PJ ter investigado o clube na sequência do caso dos e-mails, e até de ter constituído um arguido ligado à estrutura do SLB (Paulo Gonçalves), alguns blogues começaram a atacar o Benfica quase todos os dias.

Para tentar lidar com estes ataques feitos na Internet, o Benfica constituiu um Gabinete de Crise, liderado por Luís Bernardo (assessor de comunicação do clube de Lisboa).

Dois desses blogues, Mister do Café e Mercado de Benfica Polvo, caíram na mira deste Gabinete de Crise, que decidiu processar João Capitão (na foto, em baixo, à esquerda) e Miguel Rato, colaboradores da agência de comunicação YoungNetwork, e também visar a própria agência por «colaborar com o Sporting».

João Capitão - YoungNetwork

A razão tem que ver com o facto de o Benfica garantir que João Capitão está por trás destes blogues. Há um pormenor a juntar a esta história: a YoungNetwork é a agência de comunicação do Sporting e o blogue Mister do Café é pró-clube leonino.

Ontem, como resposta ao processo entreposto pelo Benfica, a YoungNetwork emitiu um comunicado onde revela a intenção de processar o clube da Luz, por considerar que o SLB tinha caluniado a agência.

«A YoungNetwork decidiu processar individualmente Luís Bernardo, Pedro Guerra e outras figuras menores do departamento, que serão chamadas a provar os factos falsos que produzem. Talvez para elas seja fácil provar factos que não existem».

Mas o melhor vem depois: «A YoungNetwork irá pedir em Tribunal uma indemnização cível» – mas o que pede a agência processada pelo Benfica?

Se possível, um pagamento em «vouchers da Catedral da Cerveja, camisolas do Benfica autografadas pelo plantel e lugares na Tribuna Presidencial (incluindo catering)».

Ou seja, e num tom sarcástico, tudo aquilo que está na base das polémicas que têm afectado o Benfica e que acabou por accionar investigações do Ministério Público.

A YoungNetwork assegura ainda que o «produto da indemnização» será «distribuído pelos muitos benfiquistas que trabalham e bem» na agência.

O tom de gozo deste comunicado não se fica por aqui. A terminar, a YoungNetwork remata: «Se o Tribunal der razão à YoungNetwork, mas a indemnização for paga em dinheiro, a YoungNetwork doará a sua totalidade à Fundação Benfica, para mitigar os efeitos das ações praticadas pelo departamento de comunicação do Clube, seguramente à margem de qualquer controlo da Direção».

Há gente criativa na YoungNetwork. Mas é pena que muita dessa criatividade não seja usada, por exemplo, para enviar alguns press releases em Word ou PDF, em vez de num ficheiro em PowerPoint.

Ricardo Durand
Começou no jornalismo de tecnologias em 2005 e tem interesse especial por gadgets com ecrã táctil e praias selvagens do Alentejo. É editor do site Trendy e faz regularmente viagens pelo País em busca dos melhores spots para fazer surf. Pode falar com ele pelo e-mail [email protected].