Inscrições para o Lisboa Bike Sharing já mexem

A EMEL vai lançar o Lisboa Bike Sharing, uma rede de bicicletas partilhadas, para dar outra alternativa de transporte à cidade. As inscrições já estão disponíveis para quem quer ser dos primeiros a testar.

Numa das últimas apresentações da EMEL, João Dias, o administrador da empresa pública afirmava uma mudança na mentalidade da empresa: «antes geríamos estacionamentos.

Hoje em dia, queremos gerir mobilidade». Uma das apostas assumidas nesse campo é esta rede Lisboa Bike Sharing, que vai fazer circular cerca de 1400 bicicletas por Lisboa, na tentativa de ser uma alternativa aos transportes mais poluentes.

As inscrições para quem quiser ser um dos primeiros a testar esta nova rede já estão disponíveis no site da iniciativa. A fase piloto da iniciativa está localizada na zona do Parque das Nações, conforme indica o site da EMEL.

Depois disso, estão prometidas estações de bike sharing no Planalto Central, Eixo Central e Baixa e Frente Ribeirinha da cidade de Lisboa. No total, serão 140 estações; entre as 1410 bicicletas, vão também encontrar-se 1000 bicicletas eléctricas.

Depois da fase piloto, a rede estará acessível através de uma aplicação móvel, que permitirá ao utilizador fazer o registo na rede, desbloquear as bicicletas ou encontrar os pontos mais próximos onde se encontram as estações. A EMEL estima que a rede esteja funcional a partir do Verão.

Cátia Rocha
Sonha ter um walk in closet desde pequenina, mas enquanto isso não acontece, contenta-se a coleccionar maquilhagem e anéis. Não consegue resistir a uma boa sobremesa e a um belo livro. Passa a vida a ouvir música e tem uma lista de todos os concertos que já viu.