Virgu Wines ©chuttersnap
Virgu Wines ©chuttersnap

Virgu Wines: há uma nova garrafeira on-line onde podemos encontra vinhos “escondidos”

A Virgu, empresa nacional que já tinha lançado uma loja dedicada a tecnologia – a iStuff – acaba de abrir a Virgu Wines, dedicada ao comércio on-line de vinho.

Criada, mais uma vez, por Artur Azevedo, a Virgu Wines tem como principal objectivo «colocar ao dispor do consumidor nacional vinhos exclusivos que não tinham lugar, até agora, no reduzido mercado português».

A Virgu funciona como qualquer garrafeira on-line e chega quase um ano depois de ter sido lançada a vinha.pt, uma loja em que, num conjunto de vinhos seleccionados, a entrega consegue ser feita no própria dia da encomenda, em Lisboa e Porto.

O clientes podem, na Virgu Wines, usar quatro tipos de filtros para encontrar o seu néctar: ‘Tipo de Vinho’ (tinto, branco, Porto); ‘Região’ (Alentejo, Dão, Lisboa); ‘Estilo’ (elegantes, estrutura, leves e frescos) e ‘Ideal’. Este último filtro permite apresentar uma selecção de vinhos de acordo com o tipo de refeição com os quais os queremos a acompanhar: carnes vermelhas, peixe, queijos ou saladas, por exemplo.

Contudo, falta, por exemplo, um filtro que nos permite ver os vinhos por preço, o que muitas vezes é um factor determinante de compra. Também, no futuro, esperamos ver funcionalidades que nos permitam filtrar as opções pelos mais vendidos, mais recentes e mais bem classificados pelos clientes.

A Virgu garante que alguns dos vinhos não podem ser encontrados no circuito tradicional de venda ao público, como os hipermercados, o que nos parece ser uma afirmação válida: dos dez vinhos que o TRENDY seleccionou* ao acaso na Virgu Wines, nenhum foi encontrado nas lojas on-line de Jumbo ou Continente. Na própria vinha.pt só encontrámos dois: Cazas Novas e Pôpa Art Projects.

Um dia depois de ter aberto, a Virgu Wines conta com um portfólio de 22 vinhos e ainda não tem qualquer solução nas categorias Porto, Rosé, Espumante, Porto, Moscatel e Aguardente. Pode aceder à loja aqui.

*Olho Gordo Reserva 2013, Tinto PaPo 2009, Aphros Loureiro, Finkus Collection “Milf & Lolita” 2013, Blandy’s, Duke of Clarence Rich, Pormenor 2014, Arrepiado Collection Super Reserva Tinto 2012, Pôpa Art Projects, Vale da Capucha Fossil 2013 e Cazas Novas Escolha Avesso 2013.

Ricardo Durand
Começou no jornalismo de tecnologias em 2005 e tem interesse especial por gadgets com ecrã táctil e praias selvagens do Alentejo. É editor do site Trendy e faz regularmente viagens pelo País em busca dos melhores spots para fazer surf. Pode falar com ele pelo e-mail [email protected].