barbear

Philips: afinal, a moda da barba acabou ou não?

por • 2 Agosto, 2016 • CuriosidadesComentários fechados em Philips: afinal, a moda da barba acabou ou não?500

Nos últimos meses, vários sites internacionais ligados à moda afirmaram que a tendência de deixar crescer a barba já tinha acabado. Será que um estudo da Philips confirma esta afirmação?

A Philips realizou um estudo sobre os hábitos de cuidado pessoal masculino. «Como se veem e como se cuidam os homens? Como querem ver-se? Como é que as mulheres mais gostam?», foram algumas das perguntas feitas neste inquérito.

E, segundo os resultados, parece que as barbas ainda têm o seu lugar nos looks actuais masculinos: 78% dos homens afirmou usar habitualmente algum tipo de barba, e destes a opção mais popular é a barba de três dias (43,7%), seguida da barba mais densa (25,6%).

Contudo, opções de estilo como a pêra, o bigode e as patilhas são as menos eleitas. Mas, os homens usam o estilo que desejam? Deste estudo conclui-se que 1 em cada 3 homens não o fazem.

«Embora a barba revele um estilo mais aspiracional, quase 33% dos homens não a usa. Porquê? A falta de tempo e o esforço necessário para uma barba cuidada são os principais motivos para alguns deles não usarem como gostariam», explica a Philips.

Já o look dos homens quanto ao estilo do pelo facial coincide com o que as mulheres gostam, já que 71% das mulheres inquiridas declararam que a «barba de dois ou três dias é o seu estilo preferido».

Neste estudo foi ainda possível ler que a grande maioria dos homens (62%) barbeiam-se pelo menos uma vez por semana, contra os 6% que o fazem diariamente e 28,9% que se barbeia uma vez por mês.

Contudo, a «frequência com que os homens cuidam do seu barbear aumenta quando estes vivem com alguém». Assim, um em cada três homens que vive em casal faz a barba várias vezes por semana, enquanto aqueles que não vivem em casal têm um percentual mais baixo (23,5%).

Por isso, e se seguirmos as conclusões da Philips, as barbas ainda não estão “mortas”. O look de cara completamente barbeada ainda não convence os inquiridos nem as mulheres, de acordo com os mesmos dados.

Artigos Relacionados