Acção solidária da Fraternidade do Jardim de Luz procura voluntários

Se mora na zona da Grande Lisboa e não tem programa para quarta-feira, que tal juntar-se a uma acção de solidariedade social e ajudar a Fraternidade do Jardim de Luz a criar cabazes?

A Fraternidade Jardim de Luz, uma IPSS que fica na Ajuda, vai dedicar o dia de quarta-feira à criação de cabazes de comida e bens de primeira necessidade para ajudar famílias carenciadas desta zona.

Qualquer pessoa pode dirigir-se à sede (na Calçada da Memória, 85), e doar bens como grão, feijão, atum, salsichas, latas de tomate, azeite, óleo cereais, papas e produtos de higiene, por exemplo.

A acção da Fraternidade Jardim de Luz estende-se desde a «área espiritual, à área social», e abrange ainda a «educação e a cultura», com o objectivo de proporcionar uma «integração comunitária e social das camadas mais desfavorecidas da sociedade», explicam os mentores deste projecto de solidariedade.

Na quarta-feira, a sede desta associação vai receber mais uma acção solidária (que acontece todos os meses) onde são precisos voluntários para ajudar a criar os cabazes, que serão entregues a 110 famílias, no Sábado.

Como sempre, em casos destes, qualquer ajuda nunca é demais e a Fraternidade Jardim de Luz procura pessoas que se envolvam neste trabalho. Assim, a sede abre portas às 14 horas e a acção estende-se até à noite.

No dia seguinte, quinta-feira, decorre ainda uma recolha de bens perecíveis feita no MARL pela Fraternidade, «com todo o tipo de legumes e frutas», dizem os responsáveis desta IPSS.

Quem quiser contribuir de forma monetária, pode fazê-lo usando a sua declaração de IRS. Aqui, no Quadro 9 do Anexo H pode preencher o seu donativo a esta IPSS com o NIPC 509 411 371. Outra alternativa é uma doação via transferência bancária através do IBAN: PT50 0010 0000 44664950001 85, doação esta que é 100% dedutível no IRS.

Para mais informações sobre esta acção, pode contactar os responsáveis pelo número de telefone 924 177 433. O site da Fraternidade Jardim de Luz também explica de forma mais detalhada como pode participar nos seus projectos aqui.

Ricardo Durand
Começou no jornalismo de tecnologias em 2005 e tem interesse especial por gadgets com ecrã táctil e praias selvagens do Alentejo. É editor do site Trendy e faz regularmente viagens pelo País em busca dos melhores spots para fazer surf. Pode falar com ele pelo e-mail [email protected].