Swarovski apresenta o seu primeiro relógio automático

Pela primeira vez, a Swarovski concebeu um relógio automático feminino, que recebeu o nome de Crystalline Hours.

O modelo foi criado em colaboração com o designer Eric Giroud, resultando num modelo feminino de mostrador redondo, com vidro convexo. Para não fugir à regra da Swarovski, há cristais de pequenas dimensões: são quatro mil cristais no mostrador, que brilham consoante o movimento do relógio.

O relógio tem fabrico suíço e está disponível em duas opções de bracelete. Uma delas é uma pulseira de pele branca, com uma estrutura de crocodilo em relevo e caixa de aço inoxidável.

A outra versão tem uma pulseira preta, também com estrutura de crocodilo em relevo, com uma caixa de aço inoxidável em ouro-rosa. Ambos os relógios são à prova de água, até 50 metros de profundidade.

De acordo com a Directora Criativa da marca, Nathalie Colin, «quando começámos a fase de design, questionámo-nos como conseguiríamos encaixar o máximo de cristais possíveis num espaço tão limitado, sem comprometer a elegância do relógio. Foi assim que surgiu a ideia de reverter as proporções e elaborar uma caixa transparente que permite uma vista pela frente e por trás do movimento e dos cristais. Adoro a ideia de nada ser revelado ao primeiro olhar, é mais misterioso.»

Cátia Rocha
Sonha ter um walk in closet desde pequenina, mas enquanto isso não acontece, contenta-se a coleccionar maquilhagem e anéis. Não consegue resistir a uma boa sobremesa e a um belo livro. Passa a vida a ouvir música e tem uma lista de todos os concertos que já viu.