©Parker Coffman
©Parker Coffman | Unsplash

Os portugueses têm a mania que são espiões? Compras online durante o confinamento dizem que sim

A loja online de gadgets Insania concluiu que as compras de gadgets de “espionagem” aumentou durante o confinamento. Localizadores de GPS e minicâmaras lideram vendas.

Segundo a Insania, os portugueses «intensificaram» os comportamentos de «espionagem» durante os meses de confinamento. Este loja online, que vende vários gadgets, notou um aumento das compras de dispositivos que, em teoria, servem para controlar outras pessoas, em que elas saibam.

«Os portugueses estão a fazer uso da espionagem como não se conhecia até aqui. O pico foi atingido durante o confinamento, ou seja, entre Março e Maio deste ano», dizem os responsáveis pelo Insania.

Cada cliente gastou em média 70 euros numa compra

Este site, que tem uma secção dedicada a artigos de “espionagem”, facturou mais de 250 mil euros neste tipo de gadgets: entre os campeões de vendas estão os gravadores de voz, os localizadores GPS e as micro-câmaras, incluindo as que de podem usar em porta-chaves. Nestas compras, cada cliente gastou, em média, setenta euros.

O Insania foi criado em 2010. Actualmente, a loja online tem cem mil acessos por mês e regista «mais de quatrocentas encomendas diárias». Além do site, há duas lojas físicas em Portugal (Lisboa e Porto); em 2021 a marca quer abrir mais uma loja em Espanha.

Ricardo Durand
Começou no jornalismo de tecnologias em 2005 e tem interesse especial por gadgets com ecrã táctil e praias selvagens do Alentejo. É editor do site Trendy e faz regularmente viagens pelo País em busca dos melhores spots para fazer surf. Pode falar com ele pelo e-mail [email protected].