Palhinhas Sorbos

Palhinhas comestíveis da Sorbos chegam a Portugal

por • 25 Julho, 2017 • CuriosidadesComentários fechados em Palhinhas comestíveis da Sorbos chegam a Portugal589

Não é uma novidade absoluta de conceito, mas em Portugal é bem capaz de ser a primeira vez que uma empresa promete palhinhas comestíveis e biodegradáveis.

A empresa nacional Bee Iellow anunciou a chegada ao País de uma palhinha espanhola chamada Sorbos que pode ser usada em bebidas. Porém, com duas ressalvas: desde que sejam naturais (dura vinte minutos) ou frias (chega aos 45 minutos), explica a marca.

Em bebidas quentes, a palhinha deve desfazer-se, uma vez que é principalmente feita de açúcar e água (cada palhinha tem sete gramas, cerca de seis dos quais são açúcar puro). E como se trata de uma palhinha comestível, temos de falar de sabores.

A Bee Iellow tem sete disponíveis: lima, morango, limão, canela, gengibre, maçã verde e um sabor a que se referem como «neutro». Na composição destas palhinhas comestíveis encontramos ainda amido de milho, gelatina bovina, estabilizador de carboximetilcelulose, humectante de glicerina e, claro, os aromas.

No fundo, pela descrição, estas palhinhas são como uma goma ou um doce feito de açúcar, mas que tem um uso prático, ainda que limitado pelos tempos de duração da sua consistência.

Mas, segundo Pedro Caldeira, responsável da empresa que trouxe a Sorbos para Portugal, a palhinha tem uma qualidade importante: «A grande diferença da palhinha Sorbos relativamente às outras é o facto de ser um sólido que, em contacto com o líquido, em nenhum momento se desfaz, não deixa migrar a cor ou aroma».

Desta forma, a marca sugere que a palhinha seja usada, de preferência, «para aromatizar cocktails». O que acontece de certeza será o contrário.

«A Sorbos faz um efeito esponja e vai absorvendo o sabor da bebida enquanto está em contacto com a mesma»; logo, consumimos a bebida e, no fim podemos «comer a Sorbos com o seu sabor». A Be-Iellow ressalva, assim, que a palhinha «respeita o conteúdo (cocktail, sumo, smoothie, granizado, gelado, combinados)».

A Sorbos, marca agora trazida para Portugal pela Bee Iellow, é uma empresa espanhola que tem uma loja online onde o produto está à venda por um mínimo de 54 euros por 200 unidades (cada palha fica a 3,70 euros).

Segundo a Be Iellow, a Sorbos foi desenvolvida por engenheiros alimentares em conjunto com a Universidade de Barcelona e uma empresa italiana. A marca lembra ainda que entre o momento em que houve esta ideia e a disponibilização do produto (2016) estão «cerca de quatro anos».

Em Espanha, a Sorbos conquistou, logo no primeiro ano de vida, o prémio Pascual Startup, galardão que promove a inovação aberta e colaborativa entre os empreendedores espanhóis do sector agro-alimentar.


Veja o vídeo no canal de YouTube do TRENDY.


Conheça agora as marcas que oferecem um produto semelhante às palhinhas comestíveis da Sorbos:

MagicStaws (2010)
Froot Loops Cereal Straws (2007)
Celery Straws (2007)
Twizzlers Strawz (2004)
Sour Punch Sip-N-Chew Straws (n/d)
Rainbow Cherry Candy Stick Straw (n/d)

E, finalmente, não nos podemos esquecer dos rolinhos de baunilha que são, muitas vezes usados em gelados e que também servem de palhinhas em smoothies – uma das marcas mais conhecidas é a Barion, que tem os Tubetes. No entanto, qualquer supermercado tem destes tubinhos, até feitos de forma artesanal.


Mais artigos para si