iPhone GMS Store

GMS Store: trocar de iPhone todos os anos por menos de 150 euros?

por • 17 Julho, 2017 • High-Tech📱Comentários fechados em GMS Store: trocar de iPhone todos os anos por menos de 150 euros?1913

A loja autorizada Apple portuguesa GMS Store acaba de anunciar um programa de fidelização que permite que os clientes troquem todos os anos de iPhone, sempre que haja uma nova versão.

Chama-se ‘Novo iPhone? Sempre.’ e é a novidade da GMS Store para este Verão, que já se encontra em vigor. A ideia é que, sempre que saia um novo modelo de iPhone, os clientes que subscreverem este programa o consigam ter, com uma poupança de preço.

O novo iPhone será sempre entregue desbloqueado pela GMS Store, ou seja, livre de operador. Para aderir, basta deslocar-se a uma GMS Store e escolher, desde logo, um dos modelos actuais: iPhone 7 ou iPhone 7 Plus.

Este programa ‘Novo iPhone? Sempre.’ da GMS obriga, depois, a um pagamento de uma mensalidade durante o tempo em que tiver o iPhone consigo. Contudo, a loja só disponibiliza o novo modelo assim que for paga a 12.º mensalidade.

E este é um detalhe muito importante para quem quer ir com alguma “sede ao pote” já este Verão. É que esta é uma campanha que só está activa até 31 de Agosto. Ou seja, temos aqui um grande problema.

Se aderir ao programa de imediato, recebe um iPhone 7, mas só poderá trocar para um suposto iPhone 7S (ou iPhone 8) em Julho de 2018 – quase nove meses depois de o novo modelo ter sido lançado. Relembre-se que os iPhones novos costumam ser apresentados entre Setembro e Outubro.

CRÉDITO DESAJUSTADO

Mas as más notícias não se ficam por aqui, em relação a este negócio da GMS Store. A loja diz, em comunicado o seguinte: «Após o pagamento da 12ª mensalidade o cliente pode entregar o seu iPhone, pelo qual pode receber nesta altura 50% do seu preço inicial, e trocar para o novo iPhone».

Ora, isto não é verdade. O TRENDY entrou em contacto com a marca para esclarecer de que forma é que o cliente iria receber os 50% do valor inicial do iPhone comprado e a resposta foi uma surpresa.

«No caso de o cliente optar por accionar a opção de upgrade após as 12 primeiras mensalidades, o valor do telefone (desde que este se encontre nas condições previstas no programa) será utilizado para pagar à entidade financeira as prestações em falta até completar 21 meses».

Isto significa que o cliente nunca chega a receber este valor, uma vez que o mesmo é usado para continuar a pagar o telefone na totalidade à entidade financeira. Vejamos um exemplo com o iPhone 7 de 32 GB, cujo preço é de 779 euros.

Por 43,52 euros por mês (valor indicado pela GMS Store para este modelo), o valor pago na totalidade é de 522,24 euros. Acontece que os 389,50 euros, valor que a loja dizia em comunicado que o cliente «pode receber» no final das doze mensalidades, é usado para pagar mais nove mensaliaddes à entidade financeira.

Isto acontece, tal como é referido no site da GMS criado para esta promoção porque, na realidade (e para este iPhone 7), o valor financiado ao cliente é de 913,99 euros.

Contudo, e se por alguma razão não quiser mudar de iPhone, continua a pagar uma mensalidade até que o seu modelo esteja totalmente liquidado – o que obriga ao pagamento das tais 21 mensalidades.

Aao fazer isto, a totalidade do valor pago à GMS, no caso do iPhone 7 de 32 GB, será de 913,92 euros, o que ultrapassa em 134,92 euros o valor-base deste modelo. O melhor mesmo é esquecer esta alternativa.

Não estamos, por isso, perante um bom negócio seja qual for a sua opção. Por um lado, estamos a fazer um crédito de mais de 900 euros por um iPhone que não vale esse valor e que temos de estimar ao máximo para que possa ser trocado. A isto junta-se o facto de só recebermos um novo iPhone quase com um ano de atraso.

Por outro lado, se escolhermos as 21 mensalidades, não trocando de telefone, estaramos a pagar quase mil euros por um modelo que, no finald e tudo vai ficar quase dois anos atrás do modelo mais recente do mercado.

O melhor mesmo é ficar-se pelo modelo normal de compra, sempre que possível fazendo uma reserva com a maior antecedência possível de um novo iPhone, pagando a pronto ou optando por um plano de mensalidades sem juros.

Para desfazer qualquer dúvida, pode ler todas as condições desta promoção no site da GMS.


O artigo foi actualizado às 14:30 de dia 18 de Julho com novas informações. O título já não reflecte a informação inicial, que está modificada a partir do subtítulo ‘Crédito Desajustado’.

Pedimos desculpa paos nossos leitores, mas a verdade é que as respostas da marca aos nossos pedidos de esclarecimento foi sempre dada a conta-gotas, sendo que a informação essencial apenas foi remetida ao TRENDY com um dia de atraso.

De futuro prometemos ter mais cuidado na revalação de informação dúbia, remetendo a publicação dos artigos para uma altura em que consideramos ter toda a informação necessária e verdadeira para darmos a visão o mais correcta possível dos factos.

Artigos Relacionados