CTT abre serviço para comprar em lojas dos EUA que não enviam para Portugal

Chama-se Express2Me e já pode ser usado para encomendar aquele artigo que sempre quis, mas que nunca pôde comprar por as lojas dos EUA não o enviarem para Portugal.

À primeira vista, parece um serviço de sonho: quantas vezes já vimos qualquer coisa à venda numa loja on-line dos EUA que não pode ser expedido para Portugal?

É essa a falha que o Express2Me quer colmatar. Para tirar partido deste serviço, é preciso aceder ao site express2me.pt e fazer um registo (que é gratuito); de imediato, o site atribui-nos uma morada dos EUA, que devemos usar quando fizermos a nossa encomenda numa loja.

Esta morada vai funcionar com qualquer loja dos EUA que não envia para Portugal, mas pode sempre consultar um directório que está neste novo site dos CTT.

Segundo os CTT, a partir do momento em que é feito o pagamento no Express2ME, o envio das encomendas e entrega em Portugal demora entre «6 a 14 dias úteis».

Agora as notícias menos boas. Há limites para aquilo que pode mandar vir dos EUA: as encomendas não podem ter mais de 150 cm de comprimento e não pode ultrapassar os 30 kg.

Depois, há um custo associado que varia de acordo com o valor da compra, a que é preciso ainda somar o IVA. Estes valores devem ser pagos assim que a encomenda chegar à morada dos EUA (um «armazém de consolidação dos CTT»), pelo que nessa altura o Express2me envia um e-mail com o montante a cobrar:

• Até 100 euros, serão cobrados 20 euros
• Até 300 euros, serão cobrados 25 euros
• Até 500 euros, serão cobrados 30 euros
• Mais de 500 euros, serão cobrados 40 euros

Todas estas encomendas estarão ainda sujeitas a um controlo alfandegário, pelo que a “odisseia” da nossa encomenda ainda vai ter mais um custo, que será determinado por este serviço de controlo. Mas há mais: «Será também cobrado um preço de apresentação das encomendas à alfândega», avisam os CTT.

Aqui é preciso ter cuidado: se forem detectados produtos contrafeitos neste controlo, os mesmos podem ser apreendidos de imediato.

Para conhecer todos os detalhes deste serviço dos Exepress2me dos CTT, consute o FAQ para que não tenha surpresas quando a conta da expedição lhe for enviada para pagamento.

Ricardo Durand
Começou no jornalismo de tecnologias em 2005 e tem interesse especial por gadgets com ecrã táctil e praias selvagens do Alentejo. É editor do site Trendy e faz regularmente viagens pelo País em busca dos melhores spots para fazer surf. Pode falar com ele pelo e-mail [email protected].