Um dos restaurantes mais emblemáticos de Lisboa, o XL, fechou com a chegada da pandemia, mas Olivier da Costa deu-lhe uma nova vida - agora em formato XXL.

A curta-metragem Ídolo, cujo argumento foi escrito por Fernando Pessoa, chega aos cinemas com quatro sessões gratuitas em Lisboa e Porto.

A Transportes Metropolitanos de Lisboa instalou máquinas para fazer e carregar o passe Navegante; iniciativa começou há um ano com o kiosk Lisboa VIVA na Alameda.

A Black Friday chegou à FlixBus: durante esta Sexta-Feira há dez mil bilhetes a menos de um euro para quase quarenta destinos nacionais.

Até 21 de Dezembro, há paragens de autocarro mascaradas de casotas do Snoopy. A iniciativa da Swatch serve para assinalar o lançamento da colecção de relógios dos Peanuts.

A Mercearia STŌ promete «divulgar os melhores produtos e produtores portugueses»; entre as 9 e as 20 horas servem-se pequenos-almoços e refeições ligeiras criados por um ex-chef do Belcanto.

A marca sueca JumpYard vai abrir um parque em Lisboa no início de Dezembro onde podemos entrar em várias actividades radicais, desde os trampolins à escalada.

Este é um daqueles espaços que se pode tornar um viveiro de adjectivos e trocadilhos. Há mais um: um clube de sonhadores. O 46 Lisboa é uma galeria de arte que se funde com um restaurante.

O Café Joyeux é um conceito francês criado pela fundação Émeraude Solidaire que tem como objectivo oferecer emprego a pessoas com «dificuldades intelectuais».

Gregório Duvivier, Gustavo Miranda, João Vicente de Castro e Luís Lobianco levam o espectáculo de improvisação Portátil a cinco cidades nacionais.

Para 2022, a Autoridade da Mobilidade e dos Transportes vai aumentar a Taxa de Atualização Tarifária em 0,57%, mas o impacto no Navegante será nulo.

O Cais do Sodré é a nova casa do mais recente listening bar em Lisboa. O Dahlia tem uma sala com um tratamento acústico especial e dezenas de vinis de vários estilos para ir ouvindo.