SOSVizinho Vizinho Amigo ©Skiathos Greece
SOSVizinho Vizinho Amigo ©Skiathos Greece

Vizinho Amigo e SOSVizinho: como ser voluntário e fazer entregas em casa dos grupos de risco?

Para facilitar o acesso a produtos de primeira necessidade às pessoas que fazem parte dos grupos de risco, há dois projectos de voluntariado que estão a recrutar. Saiba como ajudar o Vizinho Amigo e o SOSVizinho.

Muitas pessoas estão a viver um período de isolamento mais restrito, por não ser mesmo aconselhada a saída à rua, devido ao risco acrescido que o contágio do novo Coronavírus pode representar para a saúde.

Idosos e doentes com condições respiratórias devem ficar em casa, assim como – e isto é obrigatório – infectados com SARS-CoV-19 que estejam a lidar com a COVID-19 sem necessidade de internamento.

Vizinho Amigo tem 5 mil voluntários e está em 15 freguesias

Para ajudar estes grupos de risco a ter acesso a bens de primeira necessidade, como alimentos e medicamentos há dois projectos de voluntariado que podem ajudar, com entregas em casa: o Vizinho Amigo e o SOSVizinho.

O Vizinho Amigo foi criado a 24 de Março por quinze estudantes universitários, tem «parcerias directas com quinze juntas de freguesia e conta com mais de cinco mil voluntários».

Benfica, Tavira e Alvalade são algumas das zonas onde os voluntários deste projecto entregam produtos de mercearia e fármacos em casa de pessoas que pertencem a grupos de risco. Se quiser fazer parte do Vizinho Amigo, pode preencher o formulário de inscrição aqui.

SOSvizinho cobre todo o País e tem uma linha verde de apoio

Outro grupo que dá o mesmo tipo de ajuda é o SOSvizinho, que até tem uma linha de apoio nacional e gratuita (800 20 20 20) para onde «idosos ou doentes crónicos» podem ligar das 8 às 20 todos os dias e solicitar ajuda na entrega de bens.

A rede de voluntários (mais de três mil pessoas) está «em todo o território nacional» e tem o apoio das Fundações EDP e Ageas; os responsáveis querem reforçar a equipa e os interessados em fazer parte do SOSVizinho devem preencher um formulário de inscrição aqui.

Ricardo Durand
Começou no jornalismo de tecnologias em 2005 e tem interesse especial por gadgets com ecrã táctil e praias selvagens do Alentejo. É editor do site Trendy e faz regularmente viagens pelo País em busca dos melhores spots para fazer surf. Pode falar com ele pelo e-mail [email protected].