Um dos cinco restaurantes que ganharam a sua primeira estrela Michelin em 2021 tem um novo menu de degustação com seis momentos, que dá primazia aos produtos regionais.

O Jardim Botânico Tropical (Belém) recebe a primeira edição do Festival Internacional de Comida na Rua de Lisboa. Apesar de ser um evento nacional, o embaixador escolhido é o chef brasileiro Alex Atala.

O menu Costa a Costa do Alma foi renovado por Henrique Sá Pessoa para continuar a mostrar o «melhor peixe de marisco» de Portugal.

Depois de dois anos a "cozinhar", o novo espaço de Marlene Vieira abre esta semana ao público no Terminal Internacional de Cruzeiros de Lisboa, onde já existia o ZunZum.

Portugal saiu da gala do anúncio das Estrelas Michelin 2021 mais reforçado: além de ninguém ter perdido estrelas em relação a 2020, há cinco novos restaurantes nesta constelação gastronómica.

A Estrella Damm vai oferecer jantares para duas pessoas em 25 restaurantes portugueses de luxo.

Para comemorar o sétimo aniversário, o Torre de Palma Wine Hotel inaugurou um restaurante que faz regressar ao Alentejo o único chef que ganhou uma Estrela Michelin nesta região.

No Largo do Paço, o restaurante da hotel Casa da Calçada Relais & Châteaux, há novidades de Verão a sair da cozinha do chef Tiago Bonito.

O chef Diogo Rocha está de volta a cozinha do Mesa de Lemos com opções mais «frescas»; para harmonizar, até há um vinho de edição limitada.

A ideia foi do chef Diogo Rocha, do "estrelado" Mesa de Lemos, em Viseu. Este serviço de entrega em casa vem numa panela (cocotte) que é oferecida com a refeição.

Foi a grande novidade da edição de 2021 das Estrelas Michelin: em Portugal há dois novos restaurantes distinguidos e um deles é o Bistro 100 Maneiras, de Ljubomir Stanisic.

Rui Paula acaba de entrar na Uber Eats com o DOP, que assume aqui o conceito de 'restaurante virtual'. O menu tem como base «clássicos da cozinha portuguesa recriados pelas mãos do chef».