Depois de Lisboa e Madeira, a companhia aérea Emirates vai "aterrar" para uma sessão de recrutamento em Braga. Mas antes, vai voltar à capital.

O drone que fez esta entrega voou de forma autónoma e seguir coordenadas GPS, sem intervenção humana.