Um foi criado pelo CEiiA e o outro é o resultado de uma parceria entre duas universidades, o INESC TEC e a FEUP. Chegam em breve aos hospitais.