Foi, como se diz no futebol, uma vitória suada, num jogo renhido, onde quem ganhou mais Óscares o fez com quatro estatuetas. Foi The Shape of Water (A Forma da Água) que acabou por sair vencedor.

O filme que conta uma história de amor entre uma mulher e uma criatura marinha, realizado pelo mexicano Guillermo del Toro, lidera as nomeações dos Óscares 2018.

Este anúncio da Netflix, com as parcerias com a DreamWorks, é visto como uma resposta da empresa ao futuro serviço de streaming da Disney.