O objectivo é liga cidadãos e empresas a instituições de solidariedade, para a oferta de bens e serviços. Roupa, móveis, electrodomésticos e voluntariado são algumas das opções.

De acordo com os mais recentes dados do SNS, em 2014 morreram 1660 mulheres com esta doença.

Esta IPSS, que fica na Ajuda, vai dedicar o dia de quarta-feira à criação de cabazes de comida.