Depois de ter encerrado durante uma temporada - o chef preferiu não ter o restaurante a funcionar durante o período mais crítico do confinamento - o Bairro do Avillez está de volta e trouxe novidades.

Os pratos da Portugália já podiam ser pedidos pelo site ou pela Uber Eats, mas agora a Glovo também passa a fazer as entregas em casa destes restaurantes.

O restaurante Páteo tem um Cozido à Portuguesa à vontade do freguês: os ingredientes podem ser ajustados, como mais carnes ou vegetais, conforme os gostos.

As encomendas de refeições do restaurante Sauvage, em Lisboa, tem uma nova companhia: os cocktails de assinatura do bar A Tabacaria.

O grupo Mercantina tem novas sugestões no menu para entregas em casa; na Uber Eats há promoção de lançamento com 2-por-1.

Durante todo o mês de Março, o restaurante italiano Mano a Mano, em Lisboa, tem duas ofertas: pratos e bolos de aniversário.

Nos últimos tempos, a Uber Eats tem sido criticada por manter taxas de operação demasiado altas para os restaurantes que queiram estar na app. Esta é a resposta da empresa.

O Burger King tem uma nova rainha: o Queen Cheese é uma vénia aos amantes de queijo, com quatro versões diferentes deste ingrediente.

Fazer com Cozido à Portuguesa com fruta não é muito habitual - a Casa da Comida propõe juntar uma Pêra Rocha aos enchidos, à carne e às couves.

O Soul Sushi lançou um novo conceito chamado Sake, um restaurante virtual que funciona apenas por delivery e take-away. Na carta há sushi tradicional, mas também um piscar de olho ao México.

O restaurante SOI, em Lisboa, tem novas entradas que podem ser pedidas em delivery ou takeaway. O conceito é o mesmo de sempre: inspiração na street food da Ásia.

O restaurante Sauvage, em Lisboa, tem uma nova carta de Inverno para pedidos de delivery e take-away. As encomendas são feitas na nova loja online.