O restaurante SUD Lisboa, mesmo em frente ao Tejo, em Belém, vai começar a servir pequenos-almoços e anunciou ainda um serviço de refeições em vácuo para take-away.

O ano de 2020 tem sido bastante curioso no que respeita a lançamentos de produtos com características (ou sabor) de outros. Esta nova cerveja da Nortada é mais uma prova disso.

É apenas válido durante um dia e vai permitir ganhar mil ou dois mil yums depois de fazer uma reserva num restaurante aderente: este código TheFork é só mesmo para a Black Friday.

Os restaurantes Sr. Lisboa e Doca de Santo anunciaram novidades. Ambos passam a ter serviços de entregas e take-away com um twist.

O primeiro SushiCafé abriu em 2005, nas Amoreiras, pelo que em 2020, o restaurante festeja quinze anos. A data é comemorada com quinze novos pratos criados por Daniel Rente.

Fica perto da Avenida da Liberdade e tem como público-alvo os apreciadores de restaurantes que tenham um «serviço de muita qualidade». A carta do Otro, da autoria de Vitor Sobral, é uma homenagem à gastronomia portuguesa.

O restaurante do Maus Hábitos (Porto) começou a vender um kit que nos permite recriar em casa as pizzas do Vícios de Mesa em casa.

É mais uma forma de contrariar o fecho dos restaurantes ao público nos fins-de-semana. O Boato criou um Cabaz de Marisco para entregas em casa e take-away.

Pode ser de salmão, de atum ou vegetariano. O novo Sushi Burger deste restaurante de Lisboa ameaça ser um dos pratos mais curiosos de 2020.

Há mais um restaurante virtual na Uber Eats. O deCastro tem uma cozinha no Colégio da Bafureira e um menu com pratos típicos portugueses e sobremesas sem glúten.

Entregas directamente no automóvel dos clientes e um jantar mais cedo que o habitual, com oferta de cocktails são as armas encontradas pelo Ajitama para fazer frente às restrições impostas pelo Governo.

O restaurante de Marlene Vieira no Terminal Internacional de Cruzeiros de Lisboa virou-se para os pequenos-almoços mais consistentes. O ZunZum dá ainda um desconto a quem levar o jantar para casa.