Quando os atletas falam, mudanças acontecem

©Reprodução/Jornal de Brasilia
Marcus Rashford ©Reprodução/Jornal de Brasilia

Claramente, 2020 foi um ano difícil e tumultuado para todos em todo o mundo, mas uma das poucas coisas positivas foi ver mais estrelas do esporte usando sua plataforma para forçar a mudança social. O que vimos este ano com tantos atletas falando abertamente demonstra como as coisas estão em mudança.

Talvez seja porque a mídia social é mais prevalente agora, juntamente com o fato de que muitos atletas têm se afastado de seus esportes devido ao isolamento e têm tido tempo livre para refletir. De qualquer forma, é ótimo ver pessoas apaixonadas por certas causas, você consegue conhecer um lado diferente de suas personalidades.

Às vezes, essas contribuições podem ser mais importantes do que o que um atleta alcança em seu esporte. Alguns atletas têm plataformas enormes e podem ajudar a conscientizar um grande número de pessoas sobre um problema, o que é um primeiro passo importante antes que qualquer mudança possa acontecer.

No tênis, vimos Naomi Osaka decidir que não jogaria na semifinal do Western & Southern Open em agosto. Como atleta individual, você tem a oportunidade de tomar a decisão de não jogar sozinho. Obviamente, Naomi sentiu uma forte impressão do que havia acontecido.

O futebol também se mobiliza
Marcus Rashford também demonstrou voz ativa. O jogador de um dos times que mais movimenta cifras em apostas online, sobretudo em plataformas como Netbet roleta. Mais do que voz ativa, o jogador demonstrou que é do tipo que propõe ações e as executa em benefício do outro.

©Reprodução/Getty Images | Naomi Osaka
©Reprodução/Getty Images | Naomi Osaka

O jogador foi capaz de usar sua voz para trazer mudanças. É algo que ele mesmo experimentou e pelo qual é muito apaixonado. Ele e sua equipe arrecadaram milhões para famílias de crianças em idade escolar com rendas mais baixas.

Embora atletas como Marcus, do Manchester United, e Naomi estejam recebendo os elogios que merecem, ainda é perceptível em redes sociais que algumas pessoas respondem às suas postagens dizendo-lhes para “se limitarem ao esporte”.

As mais diversas pautas
Andy Murray, tenista britânico, em entrevista, disse que usou sua plataforma para falar abertamente durante sua carreira, especialmente sobre igualdade de gênero. Completou dizendo que é algo que continuará a fazer.

“Por que falei? Porque eu só acho que é justo. Não há muito mais do que isso. De certa forma, é visto como radical. Eu sinto que é o completo oposto. Eu acho que é uma coisa justa que todos sejam tratados da mesma forma, independentemente da cor da pele, do sexo, o que for. Parece muito básico para mim”, disse o jogador.

Murray experimentou o sexismo no esporte quando trabalhou ao lado de Amelie Mauresmo. De acordo com seu relato, o tenista apenas conseguiu perceber esse tipo de comportamento porque estava procurando por isso, estava mais aberto a enxergar essas situações.

“É algo que eu gostaria que continuasse mudando. Algumas pessoas pensam que só precisa de tempo, mas por que devemos esperar? Muitas dessas coisas você poderia mudar imediatamente se as pessoas em cargos de decisão quisessem. Muitas pessoas parecem relutantes em fazer mudanças imediatamente e querem que seja um processo gradual”, diz Andy.

Emmet Brickoswki
Emmet Brickowski, o protagonista do Filme LEGO, está no Trendy para escrever sobre tudo o que lhe pedirmos. É um verdadeiro polivalente e tanto o vai a ver a escrever sobre desporto ou sobre pneus de automóveis. Everything is awesome!