E a palavra do ano é…

Foi escolhida por seis mil pessoas e arrecadou o título de palavra do ano 2015 na sétima edição do concurso da Porto Editora.

‘Refugiado’ reuniu arrecadou 31% dos votos dos participantes da iniciativa que elege a palavra de destaque. A seguir, seguem-se ‘terrorismo’, com 17% dos votos, e ‘acolhimento, com 16%.

A concurso entre as dez palavras mais usadas no ano passado, estavam também ‘esquerda’, que recolheu 8% das escolhas, ‘drone’, com 7%, ‘plafonamento’, com uma percentagem de 6%, ‘bastão de selfie’ (5%), ‘festivaleiro’ (4%), ‘superalimento’ e ‘privatização’, ambos com 3%.

A iniciativa da Porto Editora começou em 2009 e elegeu, em 2014, ‘corrupção’ como a palavra do ano.

Cátia Rocha
Sonha ter um walk in closet desde pequenina, mas enquanto isso não acontece, contenta-se a coleccionar maquilhagem e anéis. Não consegue resistir a uma boa sobremesa e a um belo livro. Passa a vida a ouvir música e tem uma lista de todos os concertos que já viu.