Dez mil euros para viajar? Há uma bolsa à disposição para isso

A Nomad é uma empresa que gosta de levar pessoas a descobrir novos lugares, mas a ir para além do papel de turista. Por isso, lançou o desafio e está a aceitar candidaturas para a Bolsa de Exploração, que quer ajudar a promover a curiosidade e a inquietude.

A empresa tem um fundo anual de 10 mil euros, que podem ser distribuídos por projectos que levem à descoberta do mundo, desde que tenham propósito e uma mensagem definida. As candidaturas à bolsa já estão disponíveis, em categorias como conservação ambiental, turismo responsável, exploração global, narrativa de viagem ou auxílio humano. A Nomad acrescenta ainda que serão valorizadas as candidaturas que se foquem em criar um impacto positivo.

No total, desde 2008, a altura de lançamento da primeira bolsa, já foram apoiados 23 projectos, num total de financiamento de 45 830 euros.

Podem candidatar-se cidadãos de nacionalidade portuguesa, maiores de idade, para atribuição de uma bolsa que não precisa de ter como objectivo os 10 mil euros. Os projectos podem também ser realizados em Portugal, desde que se enquadrem em alguma das categorias.

Não existe um prazo limite para as candidaturas, apenas sendo referido que o ideal é que a candidatura seja submetida seis meses antes da data de início ambicionada para o projecto. Quando os dez mil euros totais tiverem destino, termina o prazo de candidatura.

Cátia Rocha
Sonha ter um walk in closet desde pequenina, mas enquanto isso não acontece, contenta-se a coleccionar maquilhagem e anéis. Não consegue resistir a uma boa sobremesa e a um belo livro. Passa a vida a ouvir música e tem uma lista de todos os concertos que já viu.