A mítica mota Famel vai regressar em 2017

©Famel
©Famel

Chama-se Joel Sousa, é engenheiro automóvel, tem 28 anos e tem uma promessa: vai colocar à venda uma renovada Famel em 2017.

A Fábrica de Produtos Metálicos Lda. foi das principais empresas de veículos motorizado de Portugal entre 1960 e 1990. O último modeo Famel a sair para o mercado foi o Electron, em 1997. A Famel sempre foi mais conhecida pela associação à Zündapp, empresa alemã de onde vinham grande parte dos motores.

Em 2002, a Famel abriu falência depois de não conseguir competir com outras ofertas de mercado. No entanto, a empresa ficou para sempre no imaginário dos portugueses que, há 30 anos atribuíam outro significado às iniciais FAMEL: «F*da-se, a Mota É Linda». Esta frase acabou por ficar associada ao sucesso desta mota que teve três modelos míticos: a XF21, XF-25 e a XF17, esta ºultima talvez a mais emblemática.

E é precisamente este modelo que Joel Sousa vai recuperar e colocar à venda em 2017. Na altura, a XF17 tinha um motor Zündapp de cinco velocidades (refrigerado a ar ou a água) e 7.1 cavalos. O engenheiro quer manter tudo igual ao modelo que conquistou os portugueses entre 1970 e meados dos anos 90, como os dois amortecedores e a forma do assento.

A ideia para fazer renascer a moto FAMEL XF17 nasceu em 2014 e levou à criação de um site onde Joel explica os detalhes do projecto: «Em Janeiro de 2014 os direitos da marca FAMEL foram adquiridos com o intuito de numa estratégia a médio-prazo devolver a identidade à marca e recuperar o passado das motorizadas fabricadas em Portugal».

Esta é a introdução de um manifesto que pode descarregar na íntegra aqui.

Com o protótipo já concluído, o engenheiro de Guimarães está agora à procura de um fornecedor para os motores que, em princípio, deve ser escolhido entre propostas da Alemanha e Itália. A empresa que vai fazer regressa a mítica FAMEL deve ainda criar seis postos de trabalho.

Outra das vertentes do negócio vai passar pela venda de merchandising FAMEL. Os primeiros produtos são t-shirts, feitas em parceria com a empresa nacional Archivo.

Ricardo Durand
Começou no jornalismo de tecnologias em 2005 e tem interesse especial por gadgets com ecrã táctil e praias selvagens do Alentejo. É editor do site Trendy e faz regularmente viagens pelo País em busca dos melhores spots para fazer surf. Pode falar com ele pelo e-mail [email protected].