Maria Cunha Josefinas

CEO da Josefinas defende saltos rasos na Parsons School of Design

por • 10 Março, 2017 • Actualidade ⏲Comentários fechados em CEO da Josefinas defende saltos rasos na Parsons School of Design368

No âmbito das comemorações dos Dia Internacional da Mulher, a Parsons School of Design convidou Maria Cunha, co-fundadora e CEO da Josefinas para uma palestra.

Uma das mais reputadas escolas de design de moda do mundo assinalou o Dia da Mulher com uma conversa onde juntou personalidades femininas influentes, cujo tema foi ‘Um Passeio num Mundo de Mulheres’.

Maria Cunha, co-fundadora e CEO da Josefinas, foi a única portuguesa a integrar uma conversa que reflectiu «sobre o papel dos sapatos na definição social da mulher».

Num painel 100% feminino estavam Jue Wong (presidente marca de cosmética Elizabeth Arden), Nancy Geist (designer e professora universitária) e Gina Walker (uma académica que se dedica aos Estudos das Mulheres).

Esta conversa girou em torno do calçado feminino e, entre outras questões, discutiu a pertinência de usar saltos altos, uma tendência criticada pelo painel de oradoras.

Segundo Gina Walker, a recusa da Josefinas em criar sapatos de salto alto «é uma importante contribuição feminista na resistência à teimosa misoginia».

Maria Cunha, apesar de esclarecer que não é «contra saltos altos», acredita as mulheres podem ser «poderosas e confiantes usando sapatos rasos».

Contudo, a CEO da Josefinas lembrou que alguns sapatos deste género são feitos por designers masculinos que dão «confiança e poder às mulheres através de modelos desconfortáveis e limitadores».

Artigos Relacionados