Oh! Porto

Oh! Porto: o apartamento da Invicta com uma vista de cortar a respiração

por • 10 Fevereiro, 2017 • Viagens e Hotéis ✈️Comentários fechados em Oh! Porto: o apartamento da Invicta com uma vista de cortar a respiração390

Com um design actual e linhas minimalistas, este apartamento turístico do Porto tem na vista e nas comodidades oferecidas os seus grandes trunfos.

Ao todo, são seis apartamentos com uma vista verdadeiramente deslumbrante para a «Invicta, Mui Nobre e Leal cidade do Porto», como se pode ler no seu brasão.

Em grande plano fica a Ponte de São Luis, que nos apartamentos de topo nos parece entrar pelo quarto dentro, mas alargando mais as vistas, o horizonte mostra a ponte do Freixo e o «velho casario que se estende até ao mar», como canta Rui Veloso.

Totalmente equipados, estes seis apartamentos recebem o nome das pontes que ligam Gaia ao Porto: D. Luís, Arrábida, Freixo, Infante, São João e Dona Maria Pia.

A localização, mesmo ao lado da Ponte D. Luis na margem de Gaia, faz com que os passeios até ao Porto tenham sempre como obrigatória a travessia desta estrutura finalizada em 1888, com projecto do belga
Théophile Seyrig (discípulo de Gustave Eiffel, com quem fez a ponte ferroviária D. Maria Pia).

Oh! Porto

As contas são fáceis de fazer: dos apartamentos Oh! Porto até à estação de São Bento «são exactamente 1000 metros, o que corresponde a 15 minutos a pé», garante Pedro Torres, sócio-gerente do Oh! Porto.

«O Oh! Porto não se insere na linha comum de aparthotel, em que os serviços são oferecidos mediante um conjunto limitado de necessidades. O Oh! Porto proporciona condições para que os viajantes tenham a melhor experiência possível na cidade», explica o mesmo responsável.

Assim, os hóspedes do Oh! Porto podem contar com serviço de pequeno-almoço, housekeeping diário, um espaço que vende produtos nacionais e um serviço de transfer.

Os apartamentos do Oh! Porto estão disponíveis mediante reserva prévia com preços que variam entre os 80 e os 250 euros, «dependendo do apartamento escolhido e da época do ano», conclui Pedro Torres.

Oh! Porto

Oh! Porto

Oh! Porto

Oh! Porto

Oh! Porto

Artigos Relacionados